Brasil+Competitivo ganha adesão de peso

EmpresasHOMENegócios

A ABRAT – Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação, associação de âmbito nacional com o objetivo de profissionalizar e qualificar empresas de serviços e suporte em informática, anuncia sua adesão ao programa Brasil+Competitivo. Instituído pelo Projeto de Lei 6558/2013 de autoria do Deputado Otávio Leite (PSDB/RJ), esse programa visa fomentar o empreendedorismo, aumentar

A ABRAT – Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação, associação de âmbito nacional com o objetivo de profissionalizar e qualificar empresas de serviços e suporte em informática, anuncia sua adesão ao programa Brasil+Competitivo.

Computer Circuit Board

Instituído pelo Projeto de Lei 6558/2013 de autoria do Deputado Otávio Leite (PSDB/RJ), esse programa visa fomentar o empreendedorismo, aumentar a competitividade empresarial e facilitar o acesso a capital privado de crescimento para PMEs. Atualmente, o Brasil+Competitivo tramita na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados, cujo parecer do relator concluiu pela adequação financeira e orçamentária do Projeto de Lei e, no mérito, pela sua aprovação.

Para Celso Luiz Simões, diretor executivo da ABRAT, “o programa Brasil+Competitivo pode impulsionar o desenvolvimento das PMEs brasileiras através de programas educacionais e acesso a financiamentos. Esse programa se adequa perfeitamente às iniciativas que a ABRAT vem desenvolvendo nos últimos 25 anos para o segmento de empresas de serviço de TI.”

A ABRAT é uma associação de âmbito nacional, sem fins lucrativos, preocupada com a profissionalização e qualificação das empresas de serviços e suporte em informática. Suas atividades promovem o desenvolvimento das empresas Associadas, tanto no nível técnico quanto administrativo, possibilitando-lhes oferecer ao mercado serviços diferenciados com total segurança. Dentre seus objetivos destacam-se: profissionalizar o setor de serviços e suporte em informática; normatizar as relações comerciais entre as empresas de serviços, fornecedores e clientes; e promover cursos e eventos visando o aprimoramento técnico-administrativo de suas associadas.

Com a adesão da ABRAT, o Brasil+Competitivo passa a contar com 203 integrantes, sendo 53 escritórios de advocacia, 17 intermediários financeiros (bancos), 13 auditorias e 120 entidades tais como confederações/federações empresariais (CNI, FIESP, FIEMG, FIEP, FecomercioSP, ACMinas, ACSP, ABRAT, CIC e CONAJE), centrais sindicais de trabalhadores (UGT e Força Sindical), entidades de empreendedorismo e competitividade (como Movimento Brasil Competitivo, BRAiN, Movimento Brasil Eficiente, Grupo Attitude, CIETEC, Anjos do Brasil, AlampymeBR, ANCORD, ANEFAC, APIMEC, IBEF-SP, Frente Parlamentar do Empreendedorismo, e Rio Negócios), e entidades de educação, como EXAME PME, PEGN, Época NEGÓCIOS e Movimento Empreenda. O Brasil+Competitivo, uma mobilização única, suprapartidária e crescente da sociedade brasileira, tem a liderança da Confederação Nacional da Indústria – CNI.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor