Como o Facebook pode comprometer sua segurança

Segurança

 Na maioria das vezes não fazemos por mal. Simplesmente não temos é ideia do que estamos literalmente a fazer. O Facebook é, hoje, uma porta aberta para o mundo. Uma porta que temos de ter cuidado a quem a abrimos. Há um erro que desde logo fazemos: publicar a biografia completa. Não! Porque embora seja

 Na maioria das vezes não fazemos por mal. Simplesmente não temos é ideia do que estamos literalmente a fazer. O Facebook é, hoje, uma porta aberta para o mundo. Uma porta que temos de ter cuidado a quem a abrimos.

br

Há um erro que desde logo fazemos: publicar a biografia completa. Não! Porque embora seja muito simpático ter felicitações no nosso aniversário, convém ter em atenção que os cibercriminosos gostam muito do Facebook e de outras redes sociais, já que estas lhes permitem recolher todo o tipo de dados, que depois utilizam para violar as contas mais importantes, como as bancárias.

Se reparar põe dados na sua biografia que podem muito bem servir de dicas para eventuais senhas. Mas então o que fazer? Não publique a data de nascimento na Internet, ou pelo menos não indique o ano. Não coloque os nomes de familiares ou de animais de estimação e outros dados parecidos, que muitas vezes são usados para ataques de engenharia social.

Outro erro é tornar os posts públicos. Lembre-se que podem ajudar à fraude online. O roubo de identidade é real e um post público pode ajudar a “formar” precisamente a sua identidade. Ou seja, defina a sua conta do Facebook para que os seus posts sejam partilhados “apenas com amigos” ou “amigos de amigos”. Depois, claro não se esqueça de ter senhas seguras. Repare que normalmente tem muitas galerias e mensagens privadas no Facebook que não deseja que qualquer pessoa as possa ver.

E tenha atenção que, hoje em dia, é muito comum usar o Facebook para iniciar sessão noutras páginas e noutros serviços da Internet. Por isso, se alguém conseguir obter acesso à sua conta do FB, todos esses serviços estarão também comprometidos. Por isso, escolha uma senha forte e segura para a sua conta. Melhor: ative a dupla verificação para se proteger. E não use a sua password do Facebook em nenhum outro serviço, deve ser única.

Só mais uma dica: não partilhe a sua localização. Permitir às outras pessoas saberem onde está, averiguar onde vive e onde trabalha pode ser especialmente perigoso para crianças e jovens. Além disso, mesmo quando faz algo “inocente”, como registar-se num restaurante ou num hotel, está claramente a indicar que não está em casa, o que pode ser informação de muito valor para os ladrões. Desative a geolocalização (adicionar o local) nas fotos que publica. Não use a função de localização ou crie uma lista muito restrita e controlada de pessoas que podem ver onde está. E lembre-se: desconfie sempre de desconhecidos. Aceitar amigos que não são amigos.

Ah, ok, mas eu já sei isto tudo. Muito bem. Mas aplica o que sabe? Ora confirme lá se a sua password é segura…


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor