Nem todos os estádios da Copa terão Wi-Fi

HOMEOperadorasRedes

Nos estádios de Brasília (Mané Garrincha), Rio de Janeiro (Maracanã), Salvador (Arena Fonte Nova), Cuiabá (Arena Pantanal), Manaus (Arena da Amazônia) e Porto Alegre (Beira-Rio), a rede wi-fi estará disponível para apoiar a infraestrutura celular. Com essa rede de internet sem fio, o usuário poderá se conectar gratuitamente, a partir dos estádios, desde que seja

Nos estádios de Brasília (Mané Garrincha), Rio de Janeiro (Maracanã), Salvador (Arena Fonte Nova), Cuiabá (Arena Pantanal), Manaus (Arena da Amazônia) e Porto Alegre (Beira-Rio), a rede wi-fi estará disponível para apoiar a infraestrutura celular.

copa1

Com essa rede de internet sem fio, o usuário poderá se conectar gratuitamente, a partir dos estádios, desde que seja cliente de uma das operadoras. O acesso será livre e sem senhas, bastando ao torcedor ativar o wi-fi do smartphone.

Na Arena Pernambuco (Recife), Arena das Dunas (Natal), no Estádio Castelão (Fortaleza), no Mineirão (Belo Horizonte) e na Arena da Baixada (Curitiba), as administrações dos estádios e as empresas de telefonia não chegaram a um acordo para permitir a instalação dos equipamentos de wi-fi.

De acordo com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a administração da Arena Corinthians (São Paulo) manifestou interesse em instalar wi-fi, “mas para ganhar [lucrar] com o serviço”, disse ele ao participar de audiência pública no Senado Federal.

Na avaliação do SindiTelebrasil, os estádios mais problemáticos serão os de São Paulo e de Curitiba, devido ao atraso das obras e, consequentemente, o reduzido tempo para instalação dos equipamentos. A estratégia adotada foi dar prioridade aos locais de maior concentração, como as arquibancadas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor