Simplicidade passa a ser palavra-chave da SAP

CloudData StorageFornecedores de SoftwareNegóciosProjetosSoftware

O CEO da SAP, Bill McDermott, mostrou no Sapphire NOW 2014 que a empresa simplificou a forma como o seu software é entregue aos clientes e as principais inovações do gigante tecnológico, desde o design à cloud. “Compreender a complexidade da tecnologia é um dos desafios que enfrentamos na indústria”, referiu Bill McDermott, CEO de

O CEO da SAP, Bill McDermott, mostrou no Sapphire NOW 2014 que a empresa simplificou a forma como o seu software é entregue aos clientes e as principais inovações do gigante tecnológico, desde o design à cloud.

Sap_Sapphire

“Compreender a complexidade da tecnologia é um dos desafios que enfrentamos na indústria”, referiu Bill McDermott, CEO de SAP AG, no início da sua apresentação no Sapphire NOW 2014. “Por isso, decidimos enfrentar este desafio e simplificar todo o nosso software de maneira a poder ajudar as empresas de todo o mundo nos seus processos de negócios”, salientou.

Logo no início do Sapphire NOW 2014, que se realiza na cidade norte-americana de Orlando, na Florida, os parceiros, clientes e entusiastas da SAP perceberam que a empresa está migrando para a simplicidade tanto no software como na interface de usuário. Para isso, Bill McDermott explicou que os responsáveis de design da SAP estão encarregues de criar um ambiente mais amigável para os usuários. Desta maneira, a interface de usuário estará mais simplificada para permitir acesso à solução SAP a partir de qualquer dispositivo com um melhor ambiente de trabalho.

Neste sentido, McDermott explicou que, hoje em dia, os grandes executivos estão preocupados com a forma como a complexidade afeta os seus processos. “Não estamos isentos, embora a SAP seja uma empresa ‘velha’ no tema de fazer negócios, estamos conscientes que nos deslocamos para terrenos de simplicidade, para demonstrar que a expressão ‘não podemos’ não existe para nós”, comentou o CEO, visivelmente emocionado.

Há que destacar que a audiência na apresentação do CEO da SAP foi de 25 mil pessoas e mais de 50 mil seguiram o evento na Internet, além de que também estavam presentes 300 meios de comunicação de diferentes partes do mundo no Orange County Convention Center.

Bill McDermott explicou à assistência que, para o ano de 2020, o total de dados presentes na rede chegará a 40 Zettabytes e as empresas não se estão a preparar para lidar com essa quantidade. “Como consequência, as empresas estão a gastar cerca de mil milhões de dólares pelo uso de 50 aplicações diferentes, o que significa que 72% dos gastos são referentes à manutenção de hardware e software que não são necessários”, acrescenta McDermott.

“Somente 28% é dirigido à inovação e mudança”, explica McDermott. “Por isso, estamos perante a necessidade de fornecer uma solução simples e acessível para todos, pelo que apresentamos o SAP Fiori”, dando origem ao primeiro anúncio do dia.

O Fiori é uma solução gratuita que funciona como uma aplicação personalizada, semelhante a uma app de consumo, facilitando a leitura de dados e a interação com o usuário. Há que ressalvar que o anúncio do SAP Fiori é um passo em frente para a democratização das suas soluções empresariais através da cloud.

A SAP Fiori e a SAP Screen Personas estarão disponíveis para teste, durante 30 dias, para todos os seus clientes em todo o mundo.

Em conferência de imprensa, após a sua apresentação, Bill McDermott assegurou que, para apoiar a região da América Latina e os mercados emergentes, a SAP está a investir no desenvolvimento de centros de dados no México e no Brasil para suportarem a procura de soluções de Big Data.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor