Ferramenta do NIC.br permite avaliar acesso móvel nas Arenas

HOMEMobilidadeSoftware

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br, entidade civil que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil, disponibilizou um app que permite medir a qualidade da conexão à Internet em qualquer ponto com acesso móvel. É uma oportunidade de avaliar a qualidade do serviço nos estádios

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br, entidade civil que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil, disponibilizou um app que permite medir a qualidade da conexão à Internet em qualquer ponto com acesso móvel. É uma oportunidade de avaliar a qualidade do serviço nos estádios brasileiros durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

acesso copa

O Sistema de Medição de Tráfego Internet para dispositivos móveis, SIMET Mobile, que roda nos sistemas operacionais iOS e Android, realiza medição tanto da rede Wi-Fi quanto 3G e 4G.

A ferramenta foi desenvolvida pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologia de Redes e Operações (CEPTRO.br), área do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) responsável por serviços e projetos relacionados principalmente à infraestrutura da Internet no Brasil.

Além de medir a velocidade da Internet (upload e download), o SIMET Mobile também testa Latência (demora na resposta), Jitter (atraso), perda de pacotes, teste de qualidade Wi-Fi e vazão UDPO aplicativo revela ainda como está a qualidade da Internet em cada localidade testada pelo usuário, a qualidade do serviço prestado pelas operadoras em qualquer lugar do Brasil e informações avançadas sobre o sinal do celular. O resultado do teste pode ser compartilhado por meio do Twitter e Facebook.

Criado em 2006, o SIMET é um sistema que realiza testes de desempenho de redes no acesso à Internet, por meio de servidores espalhados dentro dos Pontos de Troca de Tráfego e no próprio NIC.br.

Em novembro de 2011, foi lançado o Mapa da Qualidade da Internet no Brasil, resultado de um levantamento feito com o SIMET e que contou com a colaboração, na época, de mais de 600 mil testes. O material fornece um retrato da Internet no País e permite avaliar o acesso local por meio do fornecimento do CEP do usuário.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor