Parceria da Globo com IBM permite análise em tempo real do sentimento do torcedor na web [com vídeo]

Business IntelligenceData StorageHOMESoftware

A tecnologia de inteligência cognitiva da IBM está sendo usada para fazer a análise de sentimento das postagens públicas em redes sociais durante o maior evento esportivo do mundo. Esse conhecimento está sendo aplicado para enriquecer a experiência de segunda tela da TV Globo, e já é utilizado em setores como finanças, marketing e entretenimento.

A tecnologia de inteligência cognitiva da IBM está sendo usada para fazer a análise de sentimento das postagens públicas em redes sociais durante o maior evento esportivo do mundo. Esse conhecimento está sendo aplicado para enriquecer a experiência de segunda tela da TV Globo, e já é utilizado em setores como finanças, marketing e entretenimento. O objetivo é ajudar empresas a tirarem insights valiosos da avalanche de informações geradas em redes sociais.

claudio pinhanez ibm

Com a associação da análise de dados e tecnologias de processamento de linguagem, a IBM é capaz de criar percepções instantâneas sobre a opinião pública. Com os insights em mãos, empresas podem compreender o sentimento do público sobre sua marca, produto ou serviço, podendo aperfeiçoá-los ou até desenvolver novos de acordo com o desejo de seu consumidor. Essa análise também pode direcionar de forma mais assertiva uma campanha de marketing, por exemplo, e até mostrar a necessidade de um novo posicionamento por parte da organização.

No caso do evento esportivo, estão sendo analisados todos os posts em redes sociais escritos em português (dentro e fora do Brasil), determinando qual o sentimento – positivo, neutro ou negativo – associado a cada um dos jogadores, técnicos e a situações inusitadas que acontecem antes, durante e depois dos jogos. A partir desse levantamento, são geradas estatísticas e gráficos que ilustram os comentários sobre os temas mais discutidos na rede. A IBM espera analisar 50 milhões de postagens durante as 64 partidas. Parte dos dados dessa análise está disponível na aba “termômetro social”, dentro do aplicativo de segunda tela da TV Globo, disponível em iOS e Android.

“A explosão de dados nas redes sociais tem se tornado uma verdadeira mina de ouro para as empresas. Consumidores são cada vez mais influentes formadores de opinião, compartilham suas experiências e pensamentos sobre situações, produtos e serviços publicamente com milhares de pessoas nas redes. Para explorar esses dados valiosos, usamos nossa expertise em computação cognitiva para ajudar empresas a analisar a preferência de seus clientes, tendências e reconhecimento da sua marca perante o mercado”, explica Claudio Pinhanez, Gerente Sênior de Análise de Dados do Laboratório de Pesquisas da IBM Brasil.

Algoritmos foram criados pelo time do laboratório de pesquisas da IBM para identificar, filtrar e analisar todos os comentários em português de postagens relacionadas aos temas estabelicidos pela empresa. Por meio da inteligência cognitiva, é possível ensinar o sistema a analisar palavras-chave de diversas naturezas, usadas por determinados grupos de pessoas, e obter padrões de comportamento sobre como são empregadas. “Conseguimos mapear e analisar, inclusive, gírias e linguagens informais, muito utilizadas no mundo digital hoje em dia”, explica Claudio Pinhanez, gerente de Social Media Analytics do Laboratório de Pesquisas da IBM Brasil.

A tecnologia da IBM está hospedada na nuvem da SoftLayer. Além de compartilhar a plataforma computacional com outras aplicações, diminuindo custos, a flexibilidade oferecida pela SoftLayer permite facilmente alocar maior poder computacional para o processamento das informações conforme o volume de tuítes. “Para a análise de mídias sociais, cujo volume tende a oscilar muito ao longo do tempo, a utilização de cloud é fundamental”, finaliza o pesquisador.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor