Telefônica e Santander apresentam plataforma mundial de educação

Negócios

A Telefônica e o Banco Santander apresentaram ao Brasil a MiríadaX, uma plataforma mundial de educação superior que oferecerá cursos gratuitos na internet em português e espanhol. O projeto funciona há um ano e meio, integrado a 33 universidades de Espanha, Argentina, Colômbia, Peru e Porto Rico. Desde sua criação o MiríadaX teve a inscrição

A Telefônica e o Banco Santander apresentaram ao Brasil a MiríadaX, uma plataforma mundial de educação superior que oferecerá cursos gratuitos na internet em português e espanhol.

Emilio Botín (Santander) e César Alierta (Telefônica)

O projeto funciona há um ano e meio, integrado a 33 universidades de Espanha, Argentina, Colômbia, Peru e Porto Rico. Desde sua criação o MiríadaX teve a inscrição de cerca de 745 mil alunos, dos quais 105.577 completaram os cursos, e conta com uma comunidade de 990 professores.

A plataforma será estendida aos centros educativos que fazem parte da Universia, rede patrocinada pelo Banco Santander que é integrada por 1.216 instituições de educação superior de 23 países ibero-americanos que contam com 14 milhões de alunos e professores.

Os cursos do MiríadaX estão abertos a todos os públicos, sem necessidade de que os estudantes sejam de uma universidade específica e tenham que ser submetidos a exames de acesso.

Ao aprovar os cursos, as universidades que os ministram emitem títulos aos alunos, explicou à EFE o executivo-chefe da Universia, Jaume Pagés.

Emilio Botín, presidente do Santander (foto, à esquerda), afirmou que a nova plataforma ‘é uma revolução’ educativa equiparável à que propiciou a invenção da imprensa no século XV.

‘A imprensa foi uma grande inovação e, sem dúvida, o conhecimento que se pode transmitir através da internet é possivelmente a próxima grande inovação educativa que temos o enorme privilégio de vivenciar’, disse Botín.

César Alierta, presidente da Telefônica (foto, à direita) afirmou considerar que a nova plataforma oferece um ‘grande potencial’ para o sistema de educação ibero-americano e que contribuirá para ‘democratizar’ o ensino na região.

No mesmo sentido, o reitor da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), José Narro, disse que a importância do projeto está na capacidade de ‘diminuir as diferenças’ entre países da região ibero-americana, alguns dos quais ‘têm 12 anos de média de educação, enquanto outros não chegam a dois’.

O MiríadaX é a maior plataforma em espanhol e português de cursos em linha maciços e abertos (MOOC, na sigla em inglês), uma modalidade educativa que tem como característica oferecer aulas pela internet, de forma gratuita, em grande escala e sem pôr impedimentos no acesso.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor