Toshiba processa sul-coreana por espionagem industrial

EmpresasLaptopsMobilidadeNegócios

A Toshiba do Japão está movendo uma ação sob a suspeita de roubo de tecnologia de chips de memórias flash NAND pela SK Hynix. O valor pedido pela japonesa excede US$ 1,1 bilhão. No processo, a Toshiba também exige que a SK Hynix destrua todas as informações sobre a tecnologia e cessar a produção e

A Toshiba do Japão está movendo uma ação sob a suspeita de roubo de tecnologia de chips de memórias flash NAND pela SK Hynix. O valor pedido pela japonesa excede US$ 1,1 bilhão.

No processo, a Toshiba também exige que a SK Hynix destrua todas as informações sobre a tecnologia e cessar a produção e vendas de produtos de memória flash NAND usando essa tecnologia.

Além da Toshiba, a SanDisk dos EUA (parceira da japonesa) também move uma ação semelhante contra SK Hynix por danos sobre a suspeita de roubo de dados relacionados com a sua tecnologia de chips de memória flash usados ​​em smartphones e tablets topo de linha.

O processo levou à prisão de um ex-engenheiro da SanDisk em Tóquio. Segundo a empresa, o engenheiro é acusado de ter tomado ilegalmente informações técnicas de propriedade da SanDisk e depois vendê-las à SK Hynix.

Chips de memória flash, usados ​​para armazenar dados, são uma importante fonte de lucro para Toshiba, cuja principal concorrente é a sul-coreana Samsung.

Em um caso anterior, Toshiba processou SK Hynix em 2004 pedindo indenização por infringir patentes de memória flash e uma liminar contra a venda de produtos relacionados. O caso acabou sendo resolvido através de um acordo de licenciamento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor