AMCHAM Brasil adere ao Brasil+Competitivo

EmpresasHOMENegócios

A AMCHAM Brasil, maior e mais respeitada associação empresarial no Brasil fora do sistema “S” (multisetorial e com presença nacional), anunciou sua adesão ao programa Brasil+Competitivo. Instituído pelo Projeto de Lei 6558/2013 de autoria do Deputado Otávio Leite (PSDB/RJ), o programa visa fomentar o empreendedorismo, aumentar a competitividade empresarial e facilitar o acesso a capital

A AMCHAM Brasil, maior e mais respeitada associação empresarial no Brasil fora do sistema “S” (multisetorial e com presença nacional), anunciou sua adesão ao programa Brasil+Competitivo.

Amcham_Brasília-4

Instituído pelo Projeto de Lei 6558/2013 de autoria do Deputado Otávio Leite (PSDB/RJ), o programa visa fomentar o empreendedorismo, aumentar a competitividade empresarial e facilitar o acesso a capital privado de crescimento para PMEs.

Atualmente, o Brasil+Competitivo tramita na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados, cujo parecer do relator concluiu pela adequação financeira e orçamentária do PL e, no mérito, pela sua aprovação.

A AMCHAM Brasil é responsável por várias iniciativas, como mais de 450 pesquisas de comércio ao ano, (b) missões empresariais aos EUA, China e América Latina; (c) 23 títulos da série “How To”; e (d) quase 2 mil atividades por ano, envolvendo 150.000 dirigentes de empresas nas 13 cidades brasileiras em que está presente: Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Joinville, Goiânia, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Salvador, São Paulo e Uberlândia. No Brasil, são mais de 5 mil empresas associadas à AMCHAM, incluindo 72 das 100 marcas mais valiosas.
Com a adesão da AMCHAM Brasil, o Brasil+Competitivo passa a contar com 204 integrantes, sendo 53 escritórios de advocacia, 17 intermediários financeiros (bancos), 13 auditorias e 121 entidades tais como confederações/federações empresariais (CNI, AMCHAM Brasil, FIESP, FIEMG, FIEP, FecomercioSP, ACMinas, ACSP, ABRAT, CIC e CONAJE), centrais sindicais de trabalhadores (UGT e Força Sindical), entidades de empreendedorismo e competitividade (como Movimento Brasil Competitivo, BRAiN, Movimento Brasil Eficiente, Grupo Attitude, CIETEC, Anjos do Brasil, AlampymeBR, ANCORD, ANEFAC, APIMEC, IBEF-SP, Frente Parlamentar do Empreendedorismo, e Rio Negócios), e entidades de educação, como EXAME PME, PEGN, Época NEGÓCIOS e Movimento Empreenda. O Brasil+Competitivo, uma mobilização única, suprapartidária e crescente da sociedade brasileira, tem a liderança da Confederação Nacional da Indústria – CNI.
O Brasil+Competitivo também conquistou importante base de apoio composta por 35 senadores (43% do total),


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor