BlackBerry cria unidade para ativos de “potencial crescimento”

Fornecedores de SoftwareNegóciosProjetos

A BlackBerry criou uma nova unidade para abrigar o que muitos consideram ser seus ativos mais promissores. Ou seja, as aplicações criptografadas, seus softwares QNX e a plataforma Project Ion para conectar aparelhos. A fabricante canadense de smartphones, cujo presidente-executivo John Chen está tentando uma renovação, disse que Sandeep Chennakeshu irá assumir imediatamente como presidente da

A BlackBerry criou uma nova unidade para abrigar o que muitos consideram ser seus ativos mais promissores. Ou seja, as aplicações criptografadas, seus softwares QNX e a plataforma Project Ion para conectar aparelhos.

Blackberry

A fabricante canadense de smartphones, cujo presidente-executivo John Chen está tentando uma renovação, disse que Sandeep Chennakeshu irá assumir imediatamente como presidente da unidade BlackBerry Technology Solutions. A divisão também incluirá um portfólio de 44 mil patentes e a companhia de tecnologia Paratek Antenna comprada pela BlackBerry em 2012, avançou a agência Reuters.

Chen assumiu no ano passado e trabalhou para estabilizar o decadente negócio de aparelhos que tornou a companhia uma marca global, enquanto ganha mais dinheiro com seus serviços e software.

O software QNX da BlackBerry equipa seus mais novos telefones, mas também está presente nos painéis de entretenimento dos automóveis, em reatores nucleares e roteadores de Internet.

A empresa pretende ter um novo papel na nascente indústria da “Internet das coisas” – a ideia de que todo tipo de aparelho poderá ser conectado à Internet para receber e enviar informações e comandos.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor