Braspag antecipa certificação de segurança para pagamentos com cartões eletrônicos

EmpresasFinançasNegóciosSoftware

A Braspag, empresa do grupo Cielo, responsável pelo desenvolvimento de soluções para processamento de pagamentos (gateway de pagamentos), conciliação, antifraude, tokenização e checkout, anunciou que já possui a versão mais atualizada do certificado PCI DSS (Payment Card Industry Data Security Standard), que se tornará obrigatória para o mercado somente em 2015. A certificação PCI DSS

A Braspag, empresa do grupo Cielo, responsável pelo desenvolvimento de soluções para processamento de pagamentos (gateway de pagamentos), conciliação, antifraude, tokenização e checkout, anunciou que já possui a versão mais atualizada do certificado PCI DSS (Payment Card Industry Data Security Standard), que se tornará obrigatória para o mercado somente em 2015.

cielo cartão

A certificação PCI DSS 3.0 valida a adesão aos procedimentos mais rígidos de segurança, com o objetivo de proteger os dados dos usuários portadores de cartões de crédito e débito.

Segundo Gastão Mattos, CEO da Braspag, “a antecipação do certificado PCI DSS 3.0 denota o compromisso permanente da Braspag em oferecer a melhor qualidade do mercado com segurança em todos os seus serviços e produtos. A empresa está em conformidade com os padrões mais rigorosos mundiais de proteção de dados com o objetivo de fomentar o setor de e-commerce sem abrir mão das garantias necessárias para os lojistas e consumidores”.

O padrão PCI DSS foi criado pelas principais bandeiras de pagamentos globais (American Express, Discover Financial Services, JCB Internacional, Mastercard e Visa) na primeira metade dos anos 2000 com o intuito de desenvolver e disseminar padrões de segurança para proteção de dados do portador do cartão. O padrão de segurança de dados (DSS) se aplica a todas as entidades envolvidas nos processos de pagamento com cartões de crédito e débito e sua manutenção / atualização são realizadas pelo PCI Security Standards Council (SSC), conselho criado em 2006 e mantido de forma independente pelas bandeiras globais de pagamento.

O processo para a certificação PCI DSS 3.0 na Braspag foi realizado pela QSA Trustwave do Brasil, empresa autorizada pelo PCI Security Standards Council, após intensa auditoria realizada nos sistemas das sedes operacionais no Brasil e em seus centros de dados nos Estados Unidos. Agora, os produtos e serviços da Braspag: Pagador, Cartão Protegido, Antifraude, Conciliador, MeuCheckout e Monitoria, estão alinhados à nova versão da certificação obrigatória para quem armazena, transmite ou processa dados de cartões eletrônicos, oferecendo maior proteção aos lojistas e usuários.

A versão 3.0 do PCI DSS recebeu atualizações para assegurar que os padrões estejam preparados em relação às ameaças emergentes e alterações no mercado. Entre as medidas estão: utilização de métodos de criptografia mais fortes, práticas de codificação, credenciais exclusivas, proteção contra falsificação e muitas outras.

No segmento do comércio eletrônico, a Braspag foi um dos primeiros gateways de pagamento a obter a certificação PCI DSS (2010). Para adquirir o certificado, é necessário que a companhia seja auditada por empresa previamente autorizada pelo PCI SSC, que verificará a aderência a todos os requerimentos. O certificado tem validade máxima de um ano. “Embora ainda não regulado por leis domésticas ou internacionais de forma abrangente, o PCI DSS é um requerimento fundamental para garantir os padrões de segurança no mercado de e-commerce com todo o rigor técnico necessário”, completa Mattos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor