CA Technologies lança no Brasil solução completa de gestão de serviços

HOMESoftware

Gerenciar demandas de serviços dentro de uma empresa sempre é um desafio. A falta de parâmetros de metodologia pode acabar criando dificuldades para atender solicitações, aumentando desnecessariamente a carga de trabalho da equipe, o que pode reduzir a qualidade do atendimento ou os custos com mão de obra e processos. Controlar esses processos e conseguir

Gerenciar demandas de serviços dentro de uma empresa sempre é um desafio. A falta de parâmetros de metodologia pode acabar criando dificuldades para atender solicitações, aumentando desnecessariamente a carga de trabalho da equipe, o que pode reduzir a qualidade do atendimento ou os custos com mão de obra e processos.

ca fachada

Controlar esses processos e conseguir um bom equilíbrio entre gastos e produtividade é um dos grandes desafios dos gestores, que precisam trabalhar com exigências de retorno do investimento cada vez mais rígidas.

A CA Technologies, atenta à essa realidade, evoluiu sua solução de service desk e trouxe ao Brasil o CA Cloud Service Management, uma solução de rápida implementação e com parâmetros ajustáveis às necessidades dos clientes.

A diferença começa pelo modelo de contratação. Em vez de adquirir uma licença permanente, o cliente assina o serviço e paga mensalmente, podendo não só diluir o investimento necessário como prever com exatidão o quanto vai gastar. E em vez de levar meses para ser implementada, a nova solução vem totalmente funcional, demandando dias para rodar de forma eficiente, em vez de meses, como seus principais concorrentes.

Como explicou à B!t Francisco Bonilha dal Fabbro, VP de Vendas de Soluções da CA, houve um cuidado especial para o lançamento do CA Cloud Service Management no Brasil. Todo o conteúdo da solução foi traduzido para o português brasileiro, para que os usuários tivessem uma experiência completa de uso.

De acordo com o executivo, o objetivo é oferecer uma solução SaaS (Software as a Service) real, sem a necessidade de codificação nem adaptações profundas. Na visão da CA, um produto SaaS dessa natureza precisa ser rápido de implementar e trazer rápido retorno. Como del Fabbro enfatizou, o produto marca uma transformação da filosofia de trabalho da CA. Foi até criada uma equipe específica para ele, que não é uma adaptação direta dos produtos já existentes, mas uma evolução surgida da experiência que a empresa acumula.

Como se trata de uma solução na nuvem, o CA Cloud Service Management contará com releases rápidos, que levarão em conta o feedback dos clientes.

Com o fim da necessidade de programadores especializados para cuidar da solução, os gestores podem, com conhecimento generalista de TI, determinar o que sua empresa precisa e escolher as funções que quer implementar. Não chega ao nível de customização que uma solução totalmente personalizada, mas a ideia é justamente oferecer uma opção mais acessível e de uso simplificado, sem abrir mão da qualidade ou da eficácia.

Com interface amigável, os recursos podem ser facilmente configurados, sem nenhuma linha de código ser diretamente alterada. A interface conta até com um mecanismo de busca que dá acesso à base de tutoriais da CA sobre a ferramenta, em bom português. E caso ainda existam dúvidas, o suporte da CA pode ser acionado.

O CA Cloud Service é voltado aos tomadores de decisão, usuários avançados e, na outra ponta, os finais. O service desk conta até com gestão de ativos incorporada, permite a criação de ambientes em qualquer provedor, inclusive em nuvens privadas. Caso o cliente deseje, a solução fica hospedada nos servidores da CA, com elevado nível de segurança.

A solução, que conta com um aplicativo mobile nativo para dispositivos móveis, permite automação de demandas, como redefinição de senhas sem mobilizar a força de ti desnecessariamente. Assim coisas simples pode ser provisionadas em minutos, sem que seja aberto um chamado ou que o usuário passe por múltiplas instâncias para procedimentos simples. O aplicativo é voltado ao usuário final para abrir chamados. É possível até inserir dados de localização da mesa ou da sala, para otimizar o atendimento.

Essa simplificação nos processos é resguardada pela capacidade de análise e geração de relatórios de fácil operação, para que os gestores tenham sempre consciência do que acontece.

Direcionado tanto para TI quanto para serviços compartilhados, o CA Cloud Service Management ajuda nas demandas diárias, de múltiplas áreas, como RH.

A CA recomenda que o serviço seja contratado para equipes a partir de 15 a 20 analistas. Cada licença custa US$ 60/mês. Não existe limite de usuários finais que poderão abrir chamados e fazer solicitações por meio da ferramenta.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor