Diebold e Wincor Nixdorf unem-se para proteção de ATM

Segurança

As tecnológicas do setor financeiro Diebold e Wincor Nixdorf revelaram a criação de uma organização que visa ir ao encontro das ameaças que assolam os terminais bancários, a ATM Security Association. A parceria envolverá a partilha de dados e de conhecimentos que potenciem a adoção de medidas reforçadas de segurança e nela poderão participar entidades

As tecnológicas do setor financeiro Diebold e Wincor Nixdorf revelaram a criação de uma organização que visa ir ao encontro das ameaças que assolam os terminais bancários, a ATM Security Association. A parceria envolverá a partilha de dados e de conhecimentos que potenciem a adoção de medidas reforçadas de segurança e nela poderão participar entidades bancárias, fabricantes globais de caixas multibanco e fornecedores das mesmas.

atm

A consultora Retail Banking Research afirmou que o volume de ATM a nível gobal deverá, até 2018, atingir os 3,7 milhões, face aos 2,6 milhões de hoje. Desta forma, espera-se que o aumento de ataques aos terminais bancários seja diretamente proporcional ao aumento do número de mesmo.

Andy Mattes, diretor executivo e presidente da norte-americana Diebold, avançou que a ATM Secutrity Association é um dos primeiros reflexos dos esforços que a indústria tem vindo a materializar para salvaguardar a segurança dos usuários das caixas MB.

A organização intenta ainda conceber padrões técnicos universais que se estendam a toda a indústria financeira global em matéria de terminais bancários, e deverá garantir aos seus membros canais seguros de partilha de informações relativas a ataques já conhecidos e a ameaças hipotéticas, para que desta forma se possa criar um sistema de intercâmbio de recomendações e dados, tendo sempre em vista o aperfeiçoamento das defesas dos ATM contra ataques e dos seus usuários.

Por seu lado, Eckard Heidloff, CEO e presidente da alemã Wincor Nixdorf, asseverou que as atividades fraudulentas envolvendo ATM são um problema de dimensão global e que as empresas que se apoiam nestes terminais devem agora unir forças para mitigar estes perigos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor