Ice Bucket Challenge chega aos celulares

e-MarketingRedes Sociais

Tudo começou quando a Samsung decidiu colocar seu Galaxy S5 participando dessa campanha, ao publicar um vídeo em que se ouvia a voz do próprio aparelho dizendo as frases do costume neste tipo de vídeos e, no final, desafiar o iPhone 5S, o HTC One M8 e o Nokia Lumia 930. Já todos vimos várias

Tudo começou quando a Samsung decidiu colocar seu Galaxy S5 participando dessa campanha, ao publicar um vídeo em que se ouvia a voz do próprio aparelho dizendo as frases do costume neste tipo de vídeos e, no final, desafiar o iPhone 5S, o HTC One M8 e o Nokia Lumia 930.

Galaxy-S5-ICe-Bucket-Challenge-ad-001

Já todos vimos várias pessoas, umas mais outras menos famosas, participarem do Ice Bucket Challenge, dos banhos gelados, dos banhos públicos, como quisermos lhes chamar. Alguém publicas nas redes sociais um vídeo em que despeja um balde de água gelada sobre a cabeça, chamando a atenção para uma causa e pedindo um contributo. Mas até há uns dias atrás, ainda não tínhamos visto um celular fazê-lo.

Até que a Samsung resolveu inovar nesta matéria e aproveitar a onda. Colocou um vídeo, em seu canal do YouTube, em que o Galaxy S5 anunciava ter entrado na campanha e feito um contributo para a MND Association. No final, como é hábito nesses casos, lançava desafio a três novos participantes: o iPhone 5S, o HTC One M8 e o Lumia 930 da Nokia.

Muitos viram esta ação como uma forma de provocar a Apple pelo fato de o iPhone não ser à prova de água. Os outros dois desafiados são, embora não tenham a mesma resistência do S5 que pode ficar submerso por até 30 minutos.

Bem, mas a verdade é que o Lumia e o One até já responderam ao desafio. O canal do YouTube S Channel publicou também um vídeo em que mostra os dois celulares realizando o desafio do balde de gelo. E passaram com distinção pois permanecem a funcionar sem problemas. Espera-se agora pela reação da Apple que pode até nem surgir, como é natural.

Publicidade extra, concorrência saudável ou apenas solidariedade e vontade de ajudar o combate a uma doença grave? O fato é que este tipo de desafios continuam a reproduzir-se, um pouco por todo o mundo, e há notícias de que já foram angariados vários milhões de dólares.

Ontem, a ALS Association anunciava já ter arrecadado 62,5 milhões de dólares este ano, sendo que no ano anterior não ultrapassara os dois milhões e meio. O grande reforço da campanha, este ano, terá sido Mark Zuckerberg que participou, teve milhões de visualizações e ainda desafiou Bill Gates que também aceitou o desafio.

Não se sabe exatamente quando surgiu o Ice Bucket Challenge. A versão mais próxima do oficial é a de que terá surgido na sequência do envolvimento do antigo jogador de baseball Pete Frates, que vivia com a doença desde 2012 e tem ajudado a ALS, juntamente com a sua família. Esta iniciativa atraiu outras estrelas do desporto norte-americano e assim terá começado o viral.

O desafio tem sido usado maioritariamente para angariar dinheiro para a ALS mas os participantes podem escolher a associação a apoiar. A Samsung, por exemplo escolheu a MND, congénere britânica da ALS. No Brasil, a ABrELA – Associação Brasileira de Esclerose Amiotrófica e o Instituto Paulo Gontijo chegaram a acordo com a ALS no sentido de que todas as doações brasileiras fossem revertidas para associações do país.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor