Morte de presidenciável é assunto mais comentado na internet

e-MarketingHOMERedes Sociais

A morte do candidato à presidência Eduardo Campos, que foi vítima de um acidente de avião ontem, alcançou a primeira posição na lista dos assuntos mais comentados no Twitter. A rede social foi escolhida por políticos, apoiadores e eleitores para lamentar a morte, manifestar apoio à família e também divulgar informações. Foi pelo Twitter que

A morte do candidato à presidência Eduardo Campos, que foi vítima de um acidente de avião ontem, alcançou a primeira posição na lista dos assuntos mais comentados no Twitter.

Eduardo-Campos

A rede social foi escolhida por políticos, apoiadores e eleitores para lamentar a morte, manifestar apoio à família e também divulgar informações. Foi pelo Twitter que a notícia do acidente ganhou maior alcance. Só depois o fato repercutiu no Facebook.

Segundo noticiou a Agência Brasil, o senador Aloysio Nunes (PSDB); a ministra da Cultura, Marta Suplicy (PT); o deputado federal Romário (PSB) e os candidatos à Presidência da República são alguns dos políticos que usaram as redes para manifestar luto.

Pelo Twitter, a Rede Sustentabilidade, aliada do partido de Campos, o PSB, nestas eleições, escreveu: “Todos estamos chocados com a morte de Eduardo Campos”.

Na página oficial do Facebook de Campos, não há informações oficiais sobre a morte. Apenas há pouco foi trocada a imagem de capa para uma imagem preta, manifestando luto. Em uma postagem sobre a entrevista concedida, ontem (12), ao Jornal Nacional, consta a foto do candidato com a frase “Não vamos desistir do Brasil”. Nos comentários, apoiadores questionavam a veracidade das informações sobre o acidente. Após a confirmação, um deles escreveu: “Não estou acreditando que Eduardo morreu, a tristeza dentro de mim é inexplicável”.

Outro apoiador disse estar desolado: “Grande perda para o cenário nacional, especialmente em um momento em que necessitávamos tanto de ideias agregadoras. Meus pêsames à família. Descanse em paz, grande brasileiro!”. Na página oficial da candidata a vice na chapa de Eduardo Campos, Marina Silva, também não há declarações a respeito do acidente e da morte de Campos até o momento. A tarja preta que ocupa a capa da página de Campos também está na de Marina. A página do PSB também mostrou luto postando a imagem de uma só cor.

Nas redes, também há especulações sobre o futuro político da coligação. Pela lei, a vice não precisa obrigatoriamente assumir a chapa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor