São Paulo proibirá Uber de operar na cidade

HOMESoftware

A Secretaria Municipal de Transportes do município de São Paulo apreendeu três veículos que utilizaram o aplicativo Uber. A apreensão, sob o argumento que apenas motoristas de taxi podem cobrar pelo transporte individual, foi o primeiro passo da Prefeitura de São Paulo para proibir o uso do serviço. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, o

A Secretaria Municipal de Transportes do município de São Paulo apreendeu três veículos que utilizaram o aplicativo Uber. A apreensão, sob o argumento que apenas motoristas de taxi podem cobrar pelo transporte individual, foi o primeiro passo da Prefeitura de São Paulo para proibir o uso do serviço.

uber2

Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, o serviço realizado pelos motoristas que tiveram seus carros apreendidos é ilegal. Cada um foi multado em mais de R$ 2,4 mil.

Pela lei, somente veículos com taxímetro regulamentado e autorizado pela prefeitura podem ser utilizados para prestar serviços pelo Uber ou qualquer outro aplicativo que faça o intermédio entre o usuário e o motorista.

O Uber conecta passageiros a motoristas por meio de um app, que inclusive calcula o custo da corrida. Com o aplicativo, é ainda possível realizar o pagamento via cartão de crédito.

Há poucas semanas, o Uber abriu escritório em São Paulo para dar suporte à operação local.

A bandeirada do Uber em São Paulo sai por R$ 5. A cada minuto são acrescidos R$ 0,40 e R$ 2,42 a cada quilômetro rodado. Segundo a empresa, o condutor deve estar regulamentado junto à Prefeitura de São Paulo. Tanto o condutor quanto o usuário devem fazer um cadastro para integrar ou usar o serviço.

Recentemente, a cidade de Berlim, na Alemanha, também proibiu o uso do serviço.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor