Smartphones fazem telecom crescer 7%

MobilidadeOperadorasRedesSmartphonesTablets

As vendas de telefones celulares fizeram a indústria de telecomunicações crescer sete por cento no primeiro semestre de 2014. A subida só não foi maior pois teve de compensar a quebra de nove por cento no segmento da infraestrutura.   Os dados são da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) que prevê que

As vendas de telefones celulares fizeram a indústria de telecomunicações crescer sete por cento no primeiro semestre de 2014. A subida só não foi maior pois teve de compensar a quebra de nove por cento no segmento da infraestrutura.

crescimento-smartphones-2013

 

Os dados são da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) que prevê que no final do ano o aumento seja de 20% em relação a 2013, principalmente impulsionado pelo incremento de smartphones cuja expansão nas vendas chegou aos 70%, sendo ainda que as vendas de feature phones (celulares intermédios) até caíram 41%.

Também a venda de tablets cresceu 21% mas nesse segmento já foi prejudicada pela quebra nos notebooks (22%) e desktops (33%). Talvez seja um sinal de que a evolução dos celulares está a deixar para trás pelo menos os computadores mais tradicionais.

Já na infraestrutura de telecomunicações existe um bloqueio motivado pela “não realização dos leilões da faixa de frequência de 700 MHZ”, segundo a nota da Abinee. Esta espera faz com que os investimentos estejam parados e sem perspetiva de retomada até que seja realizado o leilão.

O crescimento global na indústria de telecom é ainda mais assinalável se notarmos que, também segundo dados da Abinee, essa foi a única área do setor eletroeletrônico que não sofreu queda ao longo desse semestre. O setor foi o reflexo da retração da atividade econômica do país com redução no investimento e estabilização no consumo. Existiu uma queda real de quatro por cento no faturamento desse primeiro semestre de 2014 em relação a igual período do ano passado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor