Solução Simpress auxilia na correção automática de provas

Negócios

O progresso do mercado de trabalho e as políticas de incentivo ao estudo no país transformaram o método de ensino convencional. A demanda por conhecimento criou o ambiente ideal para o fortalecimento das universidades presenciais e da consolidação e popularização do ensino à distância (EaD). Mas o crescente número de alunos gerou demandas que dependem

O progresso do mercado de trabalho e as políticas de incentivo ao estudo no país transformaram o método de ensino convencional. A demanda por conhecimento criou o ambiente ideal para o fortalecimento das universidades presenciais e da consolidação e popularização do ensino à distância (EaD).

e-learning

Mas o crescente número de alunos gerou demandas que dependem de boas tecnologias para dar fluência aos processos pedagógicos. Para atender esse nicho a Simpress – fornecedora de outsourcing de impressão e gestão de documentos – desenvolveu uma solução tecnológica completa para o setor, já utilizada com sucesso por algumas instituições de grande porte.

Na maioria das instituições hoje as avaliações, sejam elas de rotina ou vestibulares, são corrigidas pelo sistema de leitor ótico. Às vezes esse método se revela ineficiente, já que o cartão de respostas pode enroscar na máquina ou o conteúdo lido de maneira incorreta – prejudicando o aluno ou candidato à vaga.

Já o trabalho na correção de conteúdos descritivos, como provas de 2ª fase e redações, é ainda maior. É regra de algumas universidades que as respostas sejam validadas por dois professores, o que acarreta demora na divulgação dos resultados e insegurança.

Na solução ofertada pela Simpress a partir de um documento padrão – o caderno de respostas – os alunos são identificados em um cabeçalho com os dados pessoais e um código de barras. As provas então são digitalizadas e enviadas em ambiente seguro, criptografado, para a central da universidade.

Em questões de múltipla escolha, um software customizado interpreta as respostas automaticamente. As provas, agora digitais, são acessadas pelos professores via internet para a correção das questões dissertativas, inclusive com a possibilidade da colocação de observações. As notas são automaticamente enviadas para o sistema de gestão da universidade, onde o aluno pode visualizar por meio de um portal de serviços seus erros e acertos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor