Sonda IT apresenta solução para arquivamento de informações fiscais

HOMESoftware

Com a adoção da Nota Fiscal Eletrônica, muitas empresas se viram pressionadas com um crescente fluxo de informações digitais, que necessitam ser devidamente arquivadas e permitam rápida indexação e consulta. Pensando em atender a comunidade fiscal na tarefa de arquivar os dados fiscais, a Sonda IT, especializada em Tecnologia da Informação, apresentou o SZarc, uma

Com a adoção da Nota Fiscal Eletrônica, muitas empresas se viram pressionadas com um crescente fluxo de informações digitais, que necessitam ser devidamente arquivadas e permitam rápida indexação e consulta.

nfe

Pensando em atender a comunidade fiscal na tarefa de arquivar os dados fiscais, a Sonda IT, especializada em Tecnologia da Informação, apresentou o SZarc, uma aplicação dedicada a facilitar a rotina de arquivamento digital de documentos fiscais.

De acordo com a companhia, o armazenamento de informações no ambiente produtivo traz consequências negativas para o negócio fiscal como um todo. A solução vem, justamente, para amparar este gargalo, fornecendo um ambiente no qual o arquivamento dos dados fiscais é tido com segurança e garantia de recuperação.

“O SZarc foi desenvolvido com o que temos de mais moderno em desenvolvimento de software, visando performance e segurança das informações. A interface do software é totalmente integrada com os demais produtos da Sonda IT. Entretanto, também é possível fazer o arquivamento de dados de outras indústrias de software”, explicou em nota o diretor de R&D da Divisão de Aplicativos da Sonda IT, Renato Matavelli.

O produto, apresentado de forma modular, é ofertado nas categorias On Premise), no qual a implementação é realizada no ambiente do cliente, ou em SaaS (Software as a Service), que prevê a instalação do produto no Data Center da Sonda IT, sendo disponibilizado para o cliente na nuvem.

“Pensando em grandes volumes de dados, a redução no consumo de disco traz benefícios instantâneos na aplicação, como ganho de performance, redução do TCO (Total Cost of Ownership) e redução do tempo de execução de processos administrativos no ambiente produtivo”, completa o diretor.

Em um projeto piloto, a empresa afirma que foi possível reduzir em 95% o consumo de bytes da base de dados utilizada no armazenamento das Notas Fiscais Eletrônicas.

O próximo passo para a utilização da ferramenta é efetuar projetos-piloto com outras soluções da Sonda IT, tais como Apuração e Impostos Diretos e Indiretos (SATI) e, posteriormente, o SPED e o Comply. “Nosso intuito é de sempre melhorar o dia a dia da comunidade fiscal, apresentando soluções e ferramentas capazes de tornar seguros os processos fiscais das empresas”, finaliza Matavelli.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor