Stefanini no ranking das mais internacionais

Fornecedores de SoftwareHOMEProjetos

A Stefanini, provedora global de soluções de negócios baseadas em tecnologia, foi nomeada como empresa destaque em crescimento consistente no índice de internacionalização do Ranking das Multinacionais Brasileiras 2014,  divulgado pela Fundação Dom Cabral. Em sua 9ª edição, o estudo anual traz um panorama detalhado de internacionalização das empresas brasileiras. No ranking geral, a Stefanini

A Stefanini, provedora global de soluções de negócios baseadas em tecnologia, foi nomeada como empresa destaque em crescimento consistente no índice de internacionalização do Ranking das Multinacionais Brasileiras 2014,  divulgado pela Fundação Dom Cabral. Em sua 9ª edição, o estudo anual traz um panorama detalhado de internacionalização das empresas brasileiras. No ranking geral, a Stefanini ocupa a 4ª colocação, atrás da Odebrecht, Gerdau e InterCement.

stefanini

Presente em 33 países, a Stefanini anunciou faturamento de R$ 2.11 bilhões em 2013 e investimentos de R$ 400 milhões para dobrar de tamanho até o final de 2016. “A internacionalização é um dos pilares mais importantes para alcançar essa meta”, explicou em comunicado Marco Stefanini, fundador e CEO global da Stefanini. “Temos muito orgulho de figurar em uma colocação tão expressiva ao lado de empresas que são ícones no País, como Odebrecht e Gerdau”, comemora o executivo.

Para calcular o grau de internacionalização das companhias, o estudo da Fundação Dom Cabral avaliou quatro indicadores empresarias que, agregados, compõem o grau de internacionalização das empresas brasileiras: o número de países onde as empresas possuem subsidiárias, a relação da receita bruta no exterior sobre o total; o valor dos ativos no exterior sobre o total; e o número de funcionários no exterior sobre o total.

O estudo tem como tema principal de investigação os impactos da política externa na internacionalização de empresas e busca compreender a percepção das multinacionais com relação a ações da diplomacia brasileira e internacional.

Reforço na internacionalização

Em 2014 a Stefanini deu um passo importante rumo à internacionalização, passando a atuar em 33 países. “A presença internacional se traduz em um diferencial importante para a Stefanini. Os clientes com atuação global passam a contar com um parceiro único e alinhado às suas necessidades. Já aqueles com presença regional podem absorver novos modelos e metodologias de negócios.”, explica Marco Stefanini.

O reforço nas operações existentes, assim como as aquisições, continuam sendo parte importante do plano estratégico de crescimento da Stefanini no mercado global, com foco nos Estados Unidos e Ásia. Há quatro meses a empresa anunciou o início das operações na Malásia como reforço na sua estratégia de crescimento no mercado asiático. Presente ainda na China, Filipinas, Índia e Tailândia, a Stefanini acredita no potencial da região e espera replicar, na Malásia, o modelo de negócio das Filipinas, onde multinacional brasileira atua com 600 profissionais.

Para o CEO global da Stefanini, a Ásia é um pilar importante para o crescimento em médio prazo. “Trata-se de uma região que vem se desenvolvendo rapidamente e os mercados mais maduros economicamente demandam um grande volume de serviços de tecnologia”, afirma o executivo. Na Malásia, a Stefanini complementa a oferta global com seis idiomas adicionais, ao lado dos demais delivery centers nos Estados Unidos, América Latina, Romênia, Polônia, Filipinas, China e Índia. “Pretendemos ter 300 profissionais em três anos na filial”, completa Stefanini.

Com a presença em 33 países, a Stefanini reforça o seu posicionamento como parceiro global de soluções de negócios baseadas em tecnologia. O atendimento em 32 idiomas confere uma posição privilegiada e altamente competitiva para a oferta da Stefanini.

Facts & Figures – Internacionalização

  • Atuação em 33 países, 76 escritórios em 68 Cidades, 32 idiomas
  • 17 mil funcionários, 40% no exterior
  • 1a. filial foi inaugurada em 1996, na Argentina, projetando a Stefanini como a primeira multinacional brasileira da area de tecnologia
  • A Stefanini chegou aos Estados Unidos em 2001
  • Na Europa, a primeira filial foi na Espanha, em 2003
  • Chegou na Índia em 2006 e nas Filipinas em 2011
  • Em 2010 a Stefanini dá um importante passo rumo à internacionalização ao adquirir a Tech Team, passando a operar de 17 para 28 países

Presença Global

América – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Peru, Venezuela, Panamá, México, Uruguai, El Salvador Estados Unidos e Canadá, .
Europa – Espanha, Portugal, Itália, Inglaterra, Bélgica, Polônia, Alemanha, França, Romênia, Suécia, Dinamarca Holanda e Suíça.
Ásia – Filipinas, China, MalásiaTailândia e Ìndia.
Oceania – Austrália
África – Angola e Àfrica do Sul
Aquisições Internacionais (5) – 50% do total
2009 – Document Solutions (Brasil)
2010 – Vanguard (Brasil), Sunrising (Brasil) e TechTeam (USA)
2011 – CXI (USA), I&T (Colômbia)
2012 – Orbitall (Brasil)  / Top Systems (Uruguai) / Woopi (Brasil)
2013 – RCG (USA)


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor