DHL movimenta 25% a mais no período de pré-vendas de Natal

HOME

No último trimestre do ano, a demanda por produtos eletroeletrônicos e de informática aumenta significativamente por conta das vendas do Natal. Os consumidores ainda estão pesquisando ou, a maioria, ainda nem planejou quais presentes comprar, porém, nesse período toda a cadeia logística já está a todo vapor para garantir a disponibilidade dos produtos nas prateleiras

No último trimestre do ano, a demanda por produtos eletroeletrônicos e de informática aumenta significativamente por conta das vendas do Natal. Os consumidores ainda estão pesquisando ou, a maioria, ainda nem planejou quais presentes comprar, porém, nesse período toda a cadeia logística já está a todo vapor para garantir a disponibilidade dos produtos nas prateleiras de todo o Brasil.

DHL-express

A fabricação desse tipo de produto nunca foi tão complexa. As peças são fabricadas em países diferentes. A montagem no Brasil, na maioria dos casos, acontece em Manaus e os consumidores estão espalhados por todo o território nacional.

Tanto os fabricantes como os vendedores adorariam com toda essa antecedência, saber exatamente o que cada consumidor vai comprar para presentear seus amigos e familiares no dia do Natal. Mas, infelizmente, isso é impossível. É preciso garantir os modelos e as quantidades em todos os pontos de venda, onlines e offlines.

A DHL Supply Chain, operador logístico que embarca produtos da Zona Franca de Manaus, está acostumada com esse pico na demanda e está apta para auxiliar as empresas na criação de projetos por meio de soluções logísticas que atendam às necessidades específicas de cada fabricante.

“É importante definir com antecedência os produtos, os canais e o público consumidor para que se monte uma matriz logística adequada tanto no que diz respeito aos prazos bem como no quesito custo”, diz a empresa.

“A DHL Supply Chain é capaz de atender a demanda das empresas nesta época do ano devido a sua completa rede de distribuição para diversos segmentos de negócio, gerando grande disponibilidade e flexibilidade no atendimento dos picos de sazonalidade deste período, com destaque para a sua frota de 500 veículos dedicados”.

A expectativa é que durante o período de pré-vendas de Natal, a DHL Supply Chain transporte, aproximadamente, 25% a mais do que a média dos outros meses do ano, com destaque para telefones celulares, televisores, computadores, entre outros, com uma confiabilidade de entrega de 95%. Essa época do ano para os fabricantes de produtos de informática, tecnologia e eletroeletrônicos, a logística passa ser o oxigênio da operação. Afinal, ninguém quer ficar sem produto na hora de presentear, mesmo que essa decisão aconteça às vésperas da data comemorativa.

“A DHL Supply Chain conta com mais de 15 anos de experiência no mercado brasileiro e atualmente é  um dos maiores transportadores de produtos que saem de Manaus para serem comercializados nas demais regiões brasileiras. Especificamente no setor de tecnología, conta com cerca de 15 clientes e está apta para crescer ainda mais”, afirma Marcos Menna, diretor-sênior de operações. Segundo o executivo, a empresa espera um crescimento de 10% e para tanto, está disposta a fazer novos investimentos se for preciso.

“Além da armazenagem e distribuição, também oferecemos aos nossos clientes serviços agregados em nossos Centros de Distribuição que vão desde manuseio até reparo de equipamentos”, acrescenta. Ainda de acordo com ele, essa é uma tendência crescente, uma vez que quanto menos o produto viaja, menor é o custo da operação.

Além de toda a complexidade da cadeia logística desses produtos, a segurança também é um ponto crucial no mercado de tecnologia e eletroeletrônicos. “Nesse quesito, a DHL Supply Chain também leva vantagem já que o índice de sinistralidade é 0,121% abaixo da média do mercado”, garante a empresa.

A DHL faz parte do grupo Deutsche Post DHL que gerou receita de mais de 55 bilhões de euros em 2013.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor