EMC anuncia produção do NAS Isilon no Brasil

Data StorageEmpresasHOMENegóciosStorage

A EMC anunciou o início da fabricação no Brasil do seu produto EMC Isilon Scale-out NAS, com investimento superior a R$ 1 milhão. A primeira unidade com fabricação nacional chegará em meados de setembro. A decisão da multinacional é resultado da expansão da demanda do EMC Isilon no país. O crescimento no primeiro semestre deste

A EMC anunciou o início da fabricação no Brasil do seu produto EMC Isilon Scale-out NAS, com investimento superior a R$ 1 milhão. A primeira unidade com fabricação nacional chegará em meados de setembro.

emc isilon2

A decisão da multinacional é resultado da expansão da demanda do EMC Isilon no país. O crescimento no primeiro semestre deste ano foi de 360% quando comparado ao mesmo período de 2013. A Foxconn é a empresa responsável pela produção do equipamento no país, cuja linha de fabricação está instalada na cidade de Campinas, interior do Estado de São Paulo.

Segundo a EMC, a produção local significa a continuidade da expansão da empresa no mercado brasileiro, que tem sido foco da companhia. “Por ser um mercado-chave para a EMC, a demanda brasileira por produtos EMC Isilon cresceu a ponto de se tornar indispensável ter uma produção local do sistema”, disse em comunicado Carlos Cunha, diretor presidente da EMC Brasil.

Os primeiros produtos EMC fabricados no país foram os sistemas de armazenamento em rede CLARiiON (2008) e high-end VMax (2010), mesmo ano de início da fabricação do EMC Avamar. Agora, com a disponibilidade de uma produção local do EMC Isilon, a expectativa é melhorar as condições de oferta dos projetos scale-out, além de fomentar a indústria nacional e desenvolver a mão-de-obra especializada.

O EMC Isilon atende o mercado de dados não-estruturados, que vem crescendo exponencialmente nos últimos anos. Essa geração de dados começou em torno de 2007 e se consolidou com a massificação dos smartphones e uso da internet móvel. Segundo pesquisa feita pelo IDC, a previsão é que em 2017 todos os dispositivos do planeta gerem cerca de 140 Exabytes, dos quais cerca de 80% serão dados não-estruturados. A família de produtos EMC Isilon, líder no segmento de scale-out NAS, é a plataforma para armazenamento destes dados, que demandam grandes quantidades de espaço de armazenamento (na escala de Petabytes) e grande taxa de transferência agregada.

“Estamos entusiasmados por informar que a fabricação local está em processo acelerado e que entregamos este mês ao mercado, o primeiro EMC Isilon produzido em território nacional. Esta linha de produtos incorpora as tecnologias de armazenamento mais avançadas da EMC e, futuramente, deverá suportar outros países da América Latina”, completa Cunha.

O EMC Isilon pode ser configurado para atender desde dezenas de Terabytes até mais de 20 Petabytes em um único sistema de arquivo. Segmentos como Media & Entretenimento, Óleo & Gás, Life Science, Video Surveillance, Healthcare, Online File Sharing e Big Data Analytics possuem aplicações que exigem este tipo de arquitetura de armazenamento do Isilon. O produto se aplica em projetos como o arquivamento e gerenciamento de ativos de uma empresa de entretenimento, por exemplo, plataforma de e-mails scale-out ou para a criação de Data Lake, ou seja, a consolidação de dados não-estruturados em um único grande repositório, para facilitar a extração de informações de negócios por meio de analytics na plataforma Hadoop.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor