T4U continua querendo apresentar OPA

NegóciosOperadorasRedes

A empresa de telecomunicações T4U deverá apresentar sua oferta pública de aquisição (OPA), apesar de os investidores se encontrarem receosos devido à eleição presidencial que se aproxima. Tanto a T4U como a D Dots Investments, uma sua acionista, fazem intenções de conseguir alcançar os 500 milhões de reais com a OPA, que poderia ser a

A empresa de telecomunicações T4U deverá apresentar sua oferta pública de aquisição (OPA), apesar de os investidores se encontrarem receosos devido à eleição presidencial que se aproxima.

Telecom (1)

Tanto a T4U como a D Dots Investments, uma sua acionista, fazem intenções de conseguir alcançar os 500 milhões de reais com a OPA, que poderia ser a primeira no espaço de um ano, avançaram pessoas familiarizadas com o negócio.

Segundo consta, a empresa brasileira das telecoms, detida pelo grupo israelita Fishman, contratou os serviços do Bank of America Merrill Lynch, o Itaú BBA, o UBS e o Citigroup para delinear a proposta de oferta.

As fontes afirmaram ainda que as primeiras negociações com os investidores se iniciaram ontem, acrescentando que as discussões formais começarão no próximo dia 29 de setembro e que os valores da OPA deverão ser decididos no dia 16 de outubro.

A decisão da T4U em lançar uma OPA surge paralelamente a um aumento inegável da procura por maior velocidade de Internet, o que motiva fortemente a construção de milhares de torres de telecomunicações por todo o Brasil.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor