Telecom Italia pode não vender stake em operadora argentina

NegóciosOperadorasRedes

A operadora Telecom Italia disse que a venda da sua participação na Telecom Argentina à empresa de serviços financeiros Fintech poderá cair por terra, caso as entidades reguladoras argentinas demorarem a aprovar o negócio. Tendo em 2013 acordado vender a sua participação na Telecom Argentina à Fintech por 960 milhões de dólares, a operadora italiana já

A operadora Telecom Italia disse que a venda da sua participação na Telecom Argentina à empresa de serviços financeiros Fintech poderá cair por terra, caso as entidades reguladoras argentinas demorarem a aprovar o negócio.

telecom-italia

Tendo em 2013 acordado vender a sua participação na Telecom Argentina à Fintech por 960 milhões de dólares, a operadora italiana já adiou a finalização da aquisição por duas vezes, visto que os reguladores não se decidiram ainda relativamente à compra. O negócio deveria ter sido concluído no início do passado mês de agosto, mas agora o prazo foi alargado até dia 25 de setembro.

Marco Patuano, o CEO da Telecom Italia, afirmou que a aquisição está sendo prejudicada pela crise econômica que assola a Argentina, acrescentando que o negócio pode estar em risco de fracassar caso os reguladores se demorem a emitir uma decisão.

A Telecom Italia está sob enorme pressão, esmagada por dívidas que ascendem aos 32 bilhões de euros, e a venda da sua participação na empresa argentina é parte de uma estratégia de redução dos prejuízos financeiros, que valeria à italiana cerca de quatro bilhões de euros.

Entre a espada e a parede, a empresa de telecom com sede em Roma sofreu um terrível golpe depois de ter batalhado com a Telefônica e de ter perdido a brasileira GVT para a maior operadora de Espanha.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor