EMC registra resultado recorde no terceiro trimestre de 2014

Data StorageNegócios

Com a receita consolidada do 3º trimestre situada 9% acima do mesmo período do ano anterior a EMC Corporation, especialista na capacitação de provedores de serviços a empresas, estabelece um novo recorde nos números da companhia que anunciou também uma subida nos lucros por acção de 4% (GAAP) e 10% (não GAAP). Destaque ainda para o crescimento

Com a receita consolidada do 3º trimestre situada 9% acima do mesmo período do ano anterior a EMC Corporation, especialista na capacitação de provedores de serviços a empresas, estabelece um novo recorde nos números da companhia que anunciou também uma subida nos lucros por acção de 4% (GAAP) e 10% (não GAAP). Destaque ainda para o crescimento da receita do negócio EMC Information Infrastructure, da VMware e da Pivotal que se situou nos 6%, 17% e 24%, respectivamente, em relação ao ano anterior.

emc-world-thank-you

Os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2014, divulgados pela companhia, incluem uma receita recorde de US$ 6 bilhões, lucro líquido GAAP de US$ 587 milhões e não GAAP de US$ 903 milhões. Neste período, a EMC gerou US$ 1,7 bilhão em fluxo de caixa operacional e US$ 1,3 bilhão em fluxo de caixa livre, encerrando o trimestre com US$ 15,4 bilhões em caixa e investimentos. A empresa readquiriu aproximadamente US$ 375 milhões de suas ações ordinárias e retornou cerca de US$ 240 milhões aos acionistas via dividendos trimestrais.

Joe Tucci, presidente e CEO da EMC, mostrou-se confiante no caminho que estão seguindo: “o dinamismo contínuo da EMC é uma prova de que nossa estratégia e nosso desempenho estão funcionando. Nossos negócios estrategicamente alinhados – EMC Information Infrastructure, VMware, Pivotal e RSA – estão em ótima posição para se beneficiarem da imensa oportunidade que está diante de nós no mercado de TI. Minhas conversas com os clientes deixam claro que temos as melhores tecnologias na nuvem, em dispositivos móveis, big data e segurança, e oferecemos um nível de escolha e flexibilidade sem paralelo. Estamos extremamente bem posicionados para ajudar os clientes a maximizar suas plataformas de TI e criar uma Terceira Plataforma de TI a fim de redefinir seus negócios com toda uma geração de novos aplicativos”.

Já o recém-empossado CFO, Zane Rowe, acrescentou: “esses resultados demonstram a solidez da estratégia da EMC, uma fórmula que combina os melhores ativos e talentos e um modelo de negócio singularmente flexível que coloca em primeiro lugar a escolha do cliente. Com três semanas na EMC, posso dizer sem hesitação que estou empolgado em fazer parte de uma empresa vital para essa transformação que define o futuro do setor e estou ansioso para fazer parte da equipe que ajuda a EMC a criar valores para os acionistas, clientes e funcionários”.

Refira-se que a América Latina foi a região onde a receita consolidada da EMC cresceu menos: 1%, contra os 8% da América do Norte, 15% da região EMEA (Europa, Oriente Médio e África) e 4% da Ásia-Pacífico e Japão, sempre em relação ao terceiro trimestre do ano anterior. A receita nos mercados BRIC+13, que representa Brasil, Rússia, Índia e China, mais 13 países cujas economias estão crescendo rapidamente, aumentou 9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Detalhando os números, por negócio, a empresa informou o crescimento de 6% no EMC Information Infrastructure com vários produtos a impulsionarem essa performance, destacando-se EMC XtremIO, EMC ViPR e EMC ScaleIO que levaram a uma subida de 47% na receita do Emerging Storage. A VMware continuou sua trajetória de crescimento rápido pois os clientes continuam a investir em data centers definidos por software, soluções de nuvens híbridas e EUC (End-User Computing, computação do usuário final), ao passo que a Pivotal registou o crescimento mais rápido entre os negócios federados da EMC, beneficiando-se da transição das organizações para aplicativos da próxima geração.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor