Analistas prevêm mudanças no mercado de segurança

EmpresasNegóciosSegurança

Os gastos mundiais com a segurança da informação chegarão a US$ 71,1 bilhões em 2014, representando um aumento de 7,9% em relação a 2013, e o segmento de prevenção de perda de dados registrará crescimento mais rápido, de 18,9%. O total de gastos com a segurança da informação aumentará, ainda, outros 8,2% em 2015, chegando

Os gastos mundiais com a segurança da informação chegarão a US$ 71,1 bilhões em 2014, representando um aumento de 7,9% em relação a 2013, e o segmento de prevenção de perda de dados registrará crescimento mais rápido, de 18,9%. O total de gastos com a segurança da informação aumentará, ainda, outros 8,2% em 2015, chegando a US$ 76,9 bilhões.

A crescente adoção de dispositivos móveis, nuvem, mídias sociais e informação vai impulsionar o uso de novas tecnologias e serviços de segurança até 2016.

Segundo os analistas da Gartner a principal tendência em 2013 foi a democratização das ameaças à segurança, impulsionada pela fácil disponibilidade de software malicioso (malware) e infraestruturas, que podem ser utilizados para lançar ataques dirigidos avançados.

Os analistas prevêem mudanças e novas tendências para o mercado de segurança da informação que formam

Até 2015, aproximadamente 10% das capacidades de produtos empresariais de segurança de TI serão entregues na Nuvem – Um número significativo do setor de segurança está sendo influenciado pelos modelos de entrega recente. Isso é resultado do crescimento dos serviços de segurança baseados em Nuvem, que estão transformando a forma como a segurança é fornecida e consumida pelos clientes. Embora os preços competitivos dos serviços baseados em Nuvem estejam pressionando o mercado, as soluções Cloud também oferecem novas oportunidades de crescimento, pois algumas empresas passaram da implementação local de produtos para serviços baseados em Nuvem ou produtos gerenciados em Nuvem. Até 2015, mais de 30% dos controles de segurança implementados no segmento de empresas de pequeno e médio portes (PMEs) serão baseados em Nuvem.

No final de 2015, cerca de 30% dos produtos de proteção de infraestrutura serão comprados como parte de uma oferta privada – A presença de tecnologias altamente qualificadas, como plataforma de proteção de endpoint (EPP) e segurança de e-mail, será contrastada por oportunidades de crescimento oferecidas por segmentos como segurança da informação e gerenciamento de eventos, prevenção contra perda de dados (DLP) e tecnologias emergentes no âmbito da “outra garantia”. Provedores de segurança nos segmentos mais maduros e consolidados estão previstos para apoiar as vendas por meio da adição de novos controles de segurança como parte de ofertas privadas mais amplas. Este será o caso no segmento de EPP, com o aumento da disponibilidade de DLP, gerenciamento de dispositivos móveis, avaliação de vulnerabilidade, arquivamento e criptografia para gateway de e-mail seguro. Essa expansão da oferta privada de incluir novos controles de segurança é esperada para ajudar a manter a força e diminuir mercantilização desses mercados maduros.

Em 2018, mais da metade das organizações usarão fornecedores de serviços de segurança especializados para proteção de dados, gerenciamento de riscos e gerenciamento de infraestrutura de segurança – Muitas empresas continuam sem as competências adequadas para definir, implementar e operar níveis de proteção de dados e controles de segurança específicas de privacidade. Esta falta de habilidades leva as organizações a contratarem empresas de segurança especializadas em proteção de dados e gerenciamento de risco para atenderem às demandas regulatórias e melhorar suas políticas de segurança. Uma parcela significativa das organizações está mudando os recursos existentes, como a administração de dispositivos de segurança e monitoramento para mitigação e resposta a incidentes. Esta nova dinâmica tem dado origem a um crescimento significativo em todo o mundo para serviços gerenciados de segurança.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor