Com Firefox OS, Mozilla quer promover inclusão digital por meio de smartphones populares de qualidade [com vídeo]

MobilidadeOperadorasRedesSmartphonesSoftware

Andreas Gal, CTO da Mozilla Foundation, explicou à B!T como a iniciativa do Firefox OS, que tem a Telefônica Vivo como parceira no Brasil, foi pensada para fazer a ponte entre os usuários de menor poder aquisitivo e o mundo digital dos smartphones. O pesquisador e co-fundador da iniciativa para dispositivos móveis detalhou como o

Andreas Gal, CTO da Mozilla Foundation, explicou à B!T como a iniciativa do Firefox OS, que tem a Telefônica Vivo como parceira no Brasil, foi pensada para fazer a ponte entre os usuários de menor poder aquisitivo e o mundo digital dos smartphones.

Andreas Gal Mozilla

O pesquisador e co-fundador da iniciativa para dispositivos móveis detalhou como o processo de desenvolvimento é bastante simplificado, além de pontuar como um sistema operacional enxuto e com foco no usuário final pode tirar muito mais proveito do hardware, fazendo chipsets modestos terem performance muito melhor que rodando outros sistemas.

Gal assumiu que o custo final é um fator importante para a adoção do sistema, e que a empresa está se dirigindo a usuários que estão comprando equipamentos low-cost ou mesmo seu primeiro smartphone, sempre em mente que o Firefox OS é um sistema operacional fácil de usar.

Finalmente, Gal pontuou a importância do fato da Mozilla ser uma fundação sem fins lucrativos, o que protege não apenas a privacidade de seus usuários como a liberdade de escolha e a capacidade de inovação da comunidade de programadores. Para ele, a fundação é uma importante força de oposição aos principais players do mercado – Google e Apple – que são gigantes tecnológicos com lucro como objetivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor