Sonda IT conquista certificação MPS.BR e ganha mais competitividade em licitações

EmpresasHOMENegóciosSoftware

A Sonda IT, companhia latino-americana de Tecnologia da Informação com forte atuação no Brasil, recebeu a Certificação MPS.BR através da Divisão que atende a Petrobras e fica sediada no Rio de Janeiro. O resultado da avaliação comprova que os processos de software atendem aos critérios do Nível C definido da certificação. Dentro deste nível, os

A Sonda IT, companhia latino-americana de Tecnologia da Informação com forte atuação no Brasil, recebeu a Certificação MPS.BR através da Divisão que atende a Petrobras e fica sediada no Rio de Janeiro. O resultado da avaliação comprova que os processos de software atendem aos critérios do Nível C definido da certificação.

image

Dentro deste nível, os processos compreendem as disciplinas gerenciais, técnicas de arquitetura e desenvolvimento e garantia de qualidade, definidos a partir do modelo de referência MPS.BR, que é uma iniciativa brasileira lançada em dezembro de 2003, coordenada pela Softex – Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro, que visa a melhoria de processo de software e serviços em todas as regiões do Brasil, em um intervalo de tempo justo, a um custo razoável.

Para a Sonda IT, a certificação, conquistada por meio da Instituição Avaliadora (IA) ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade, tem um caráter estratégico, pois viabiliza a participação em inúmeras licitações e ajuda na consolidação da marca Sonda IT em clientes e projetos. “Na reta final para a certificação, conseguimos enxergar outros inúmeros benefícios, tais como o ganho de produtividade que alcançamos implementando processos de qualidade que evitam retrabalho, amadurecimento das equipes nos processos de engenharia de software, utilização de ferramentas adequadas para gerenciar o ciclo de vida do desenvolvimento e a utilização de ativos para otimizar a construção do software”, avalia João Marcelo Silva Queiroz, diretor de área de negócios da Sonda IT.

O MPS.BR ou Melhoria de Processos do Software Brasileiro é simultaneamente um movimento para a melhoria da qualidade (Programa MPS.BR) e um modelo de qualidade de processo (Modelo MPS). Voltado para a realidade do mercado de pequenas e médias empresas de desenvolvimento de software no Brasil, ele é baseado nas normas ISO/IEC 12207 e ISO/IEC 15504 e compatível com o CMMI.

O projeto tem apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia, da FINEP, do SEBRAE e do Banco Interamericano de Desenvolvimento.

A primeira meta do programa é técnica, visando a criação e aprimoramento do Modelo MPS a partir de normas internacionais compatíveis com o modelo CMMI, que é baseado nas melhores práticas da engenharia de software e é adequado à realidade tanto das micro, pequenas e médias empresas quanto das grandes organizações privadas e governamentais. A segunda meta é de disseminação do Modelo MPS no mercado, tanto em pequenas e médias empresas (PMEs), como em grandes empresas públicas e privadas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor