Polycom premia Unimed e Instituto Sírio-Libanês

EmpresasNegócios

O Polycom Customer Sucess Award (CSA) selecionou os melhores projetos do mercado brasileiro empregando a plataforma de vídeo colaboração Polycom RealPresence. A Unimed foi a ganhadora na categoria Aplicação Empresarial, enquanto o Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP) venceu a categoria Aplicação Social. A Polycom levou a cabo esta iniciativa, que acontece exclusivamente no

O Polycom Customer Sucess Award (CSA) selecionou os melhores projetos do mercado brasileiro empregando a plataforma de vídeo colaboração Polycom RealPresence. A Unimed foi a ganhadora na categoria Aplicação Empresarial, enquanto o Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP) venceu a categoria Aplicação Social.

telepresença polycom

A Polycom levou a cabo esta iniciativa, que acontece exclusivamente no Brasil, com o objetivo de reconhecer as empresas que melhor aplicaram a plataforma de vídeo colaboração ao seu negócio. O CSA foi dividido em duas categorias: Aplicação Empresarial, com projetos de cunho corporativo, e Aplicação Socialimplementações que beneficiam diretamente a comunidade em seu entorno. De entre os 70 inscritos foram selecionados três finalistas em cada uma delas e os vencedores foram premiados com uma viagem com acompanhante para os Estados Unidos da América.

A categoria empresarial foi ganha pelo maior sistema cooperativista de trabalho médico do mundo e também a maior rede de assistência médica do Brasil, a Unimed que viu sua Rede de Integração Nacional reconhecida. O projeto interliga 188 localidades, mais de 12 mil usuários e 209 terminais de videoconferência e proporcionou economia financeira de R$ 18 milhões para a empresa.

Já nos projetos de âmbito social, o IEP viu seu projeto de ampliação do alcance de suas iniciativas de capacitação ser premiado. Usando a vídeo colaboração, vários dos seus cursos viram aumentar o número de formandos, havendo um caso de cunho totalmente filantrópico em que se conseguiu saltar em dois anos de 600 para 4.320 pessoas capacitadas, de norte a sul do País. O Instituto pertence ao Hospital Sírio-Libanês, um dos mais importantes centros médicos do Brasil e da América Latina e referência nacional na assistência à saúde de grande complexidade.

Os outros projetos finalistas foram, na categoria Aplicação Empresarial, a Cemig, maior empresa distribuidora de energia da América do Sul, e a CPFL, uma das maiores empresas do setor elétrico brasileiro; ao passo que, na categoria Aplicação Social, foram selecionados pela comissão julgadora do evento o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDF) e o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN).

A decisão final da comissão julgadora levou em consideração os benefícios obtidos com a utilização da vídeo colaboração, tanto em termos quantitativos  (retorno do investimento, redução na emissão de carbono, redução de turn over, entre outros), como qualitativos (aumento da produtividade, melhoria na qualidade de vida do colaborador e agilidade nas tomadas de decisão).  Além de outros aspectos importantes como inovação do projeto, quantidade de pessoas impactadas, abrangência geográfica, investimento x economia obtida e reflexos para a sociedade, no caso da categoria social.

De acordo com Paulo Roberto Ferreira, Diretor Geral da Polycom no Brasil, o objetivo da companhia ao criar o Polycom Customer Success Award, foi valorizar as empresas que investem  e se destacam pela inovação no uso de tecnologia de colaboração e que obtêm resultados significativos. “Nossa intenção é divulgar essas empresas, bem como suas melhores práticas, dando visibilidade às suas conquistas e associando sua marca e os profissionais envolvidos no projeto ao que há de mais avançado em termos de vídeo colaboração”, ressalta.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor