Guerra de preços continua no mercado norte americano

OperadorasRedes

A AT&T e a Verizon, empresas de telecom estado-unidenses, anunciaram que vão, mais uma vez, reduzir preços em seus planos wireless. Essa baixa visa combater as promoções e descontos que a Sprint está ofertando ao mercado, numa altura em que a “guerra” entre operadoras no país está mais acesa que nunca. Depois de, em Outubro,

A AT&T e a Verizon, empresas de telecom estado-unidenses, anunciaram que vão, mais uma vez, reduzir preços em seus planos wireless. Essa baixa visa combater as promoções e descontos que a Sprint está ofertando ao mercado, numa altura em que a “guerra” entre operadoras no país está mais acesa que nunca.

guerra de preços

Depois de, em Outubro, a Sprinter apresentado uma oferta de um plano de 20 GB por US$ 100, esse passou a ser o mais baixo valor de um plano de dados obrigando a uma resposta dos competidores AT&T, Verizon e T-Mobile.

As duas primeiras já reagiram e baixaram seus valores. A Verizon reduziu o preço de seu pacote de 10 GB de US$ 100 para US$ 80 e se pacote de 15 GB baixou de US$ 110 para US$ 100. Já a AT&T vai reduzir preços a partir de amanhã. O plano de dados de 3 GB passará a custar US$ 70 e o de 6 GB desce para US$ 70.

Aguarda-se agora a reação da T-Mobile que é também um player importante nesse mercado. A companhia poderá até seguir uma outra estratégia ao invés de baixar seus preços mas não é crível que fique de braços cruzados.

As baixas de preços têm sido frequentes no segmento e estão gerando quebras nos lucros gerados pela indústria de tal modo que Verizon, a AT&T e T-Mobile comunicaram resultados abaixo das expectativas no passado mês.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor