IBM e Abrale criam rede social de luta contra o câncer

Business IntelligenceData Storagee-MarketingNegóciosRedes Sociais

A IBM Brasil em parceria com a Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia) e com a consultora V&B Officeware, criaram a Amar a Vida, uma rede social cujo objetivo é criar um ambiente onde pacientes, familiares, médicos, profissionais de saúde e todos os interessados no assunto possam trocar ideias, conhecimentos, indicações, além de mostrar e discutir

A IBM Brasil em parceria com a Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia) e com a consultora V&B Officeware, criaram a Amar a Vida, uma rede social cujo objetivo é criar um ambiente onde pacientes, familiares, médicos, profissionais de saúde e todos os interessados no assunto possam trocar ideias, conhecimentos, indicações, além de mostrar e discutir soluções para as diversas perspectivas que envolvem enfermidades graves.

luta cancer

A ideia base da rede social Amar a Vida é é desmistificar e esclarecer um tipo de doença para a qual o Ministério da Saúde brasileiro estima 577 mil novos casos em 2014. Sua ação passará por incentivar debates sobre o assunto, conscientizar e alertar os pacientes a respeito da importância de determinados cuidados e tratamentos, além de abrir espaço para discussão de temas que vão além das próprias doenças, como os aspectos sociais, familiares e psicológicos.

A IBM doou o software Connections, uma ferramenta de Social Business, que conecta pessoas, entidades e organizações e o projeto é hospedado na nuvem da IBM Softlayer. Já a sua parceira V&B Officeware,  primeira empresa na América Latina a obter o IBM Social Business Capability Authorization, idealizou o projeto e configurou a plataforma para a Abrale que respalda todo o processo proporcionando suporte para pacientes e seus familiares e atuando como moderadora da rede.

A Amar a Vida já nasce com cerca de 30 comunidades que exploram diferentes ângulos, como por exemplo: Alimentação e câncer, Direitos dos Pacientes com câncer, Lidando com a perda ou Testemunhos de superação. Mas se pretende que mais comunidades sejam criadas pelos participantes da rede, abordando temas considerados relevantes e permitindo que os pacientes possam se sentir à vontade para expor suas questões.

A presidente da Abrale, Merula Steagall destaca que “a Rede Amar a Vida é uma plataforma para ajudar quem tem que lidar com o desafio de uma doença oncológica e auxiliar na tomada de decisões durante esse percurso. Os pacientes poderão dividir suas histórias e ter acesso às informações sobre o tema. Médicos e profissionais da saúde também terão espaço para trocar conhecimentos dentro da rede”.

Já a IBM Brasil, através de sua executiva de Cidadania Corporativa Alcely Barroso, explicou que essa parceria “faz parte do programa de Cidadania Corporativa, desenvolvido mundialmente pela companhia. A iniciativa está baseada em soluções como cloud computing, analytics, mobilidade e mídias sociais”.

De acordo com ambas as organizações, a ideia para o futuro é que a rede esteja preparada para alcançar toda a América Latina, envolvendo, assim, as organizações filiadas à Alianza Latina.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor