Smartphones apresentam crescimento substancial no Brasil

MobilidadeOperadorasRedesSmartphones

O mercado de celulares atingiu 56,5 milhões de unidades vendidas de janeiro a setembro de 2014, 13% superior ao desempenho registrado no mesmo período de 2013. Os smartphones impulsionaram o crescimento, com 39,8 milhões de unidades. Os celulares comuns, que têm ocupado cada vez menos espaço nas vitrines das lojas e operadoras, apresentam queda nas

O mercado de celulares atingiu 56,5 milhões de unidades vendidas de janeiro a setembro de 2014, 13% superior ao desempenho registrado no mesmo período de 2013. Os smartphones impulsionaram o crescimento, com 39,8 milhões de unidades.

smartphone copa

Os celulares comuns, que têm ocupado cada vez menos espaço nas vitrines das lojas e operadoras, apresentam queda nas vendas. Foram 16,6 milhões de unidades no acumulado do ano.

Em relação a setembro de 2013, houve um crescimento de 64% no volume de smartphones e uma queda de 35% no de feature phones. Foram vendidos 7,2 milhões de telefones celulares no Brasil, dos quais 5,92 milhões eram smartphones, o que representa uma participação de 82,2% sobre o total.

Os dados foram levantados pelo IDC e organizados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

O crescimento da base de smartphones foi diretamente impulsionado pela desoneração promovida pelo governo, que foi iniciada em abril de 2013. Além de exigir uma parcela de nacionalização dos equipamentos, há a obrigatoriedade da inclusão de aplicativos feitos no Brasil para redução de tributos.

A chegada de aparelhos com melhor custo-benefício (como os Moto G e E, Asus Zenfone e Galaxies intermediários), ajudou a puxar as vendas. Muita gente que começou com um smartphone mais barato, com pouca memória e poder de processamento, além de telas de baixa qualidade, já busca um upgrade.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor