Universidade Metodista potencializa curso de gestão da TI com parcerias

EmpresasGestão de RedesNegóciosRedes

A Universidade Metodista de São Paulo, buscando formar profissionais de TI com referências fora do universo acadêmico, anunciou parcerias com as mais reconhecidas empresas de Tecnologia da Informação para seu curso de Gestão da TI. Na última semana de outubro, a D-Link, especializada em equipamentos para infraestrutura de redes de segurança predial, monitoramento e cloud

A Universidade Metodista de São Paulo, buscando formar profissionais de TI com referências fora do universo acadêmico, anunciou parcerias com as mais reconhecidas empresas de Tecnologia da Informação para seu curso de Gestão da TI.

universidade metodista

Na última semana de outubro, a D-Link, especializada em equipamentos para infraestrutura de redes de segurança predial, monitoramento e cloud computing, organizou um workshop para os representantes da marca no Brasil dentro da universidade. Foi o segundo evento do ano promovido na Metodista. O primeiro ocorreu em agosto passado.

“Como se trata de uma graduação tecnológica, com dois anos e meio de duração, o curso é essencialmente voltado à prática profissional, a partir de um embasamento teórico. O objetivo é colocar rapidamente o futuro profissional no mercado”, declarou em nota Lázaro Silva, coordenador do curso. A parceria com a D-Link envolve inclusive doação de equipamentos top de linha e outros para demonstração.

Como destaques nas parcerias estão Microsoft, que permite licenciar seus sistemas para uso nos estudos, e Cisco, que oferece um software de simulador de rede que permite aos alunos montar uma grande rede virtual no laboratório da universidade.

Dentro do curso de Gestão da Tecnologia da Informação da Metodista há, inclusive, um módulo Cisco sobre redes de computadores, ministrado por professores certificados pela marca. “Temos curso da Cisco dentro da grade regular, algo que os alunos só encontram fora e pagando por ele. Ao final, se desejar, o aluno pode obter uma certificação fazendo prova diretamente na empresa”, explica Silva.

O leque das parcerias é bastante aberto, indo desde palestras-aulas com profissionais das empresas até acesso aos produtos e serviços em eventos promovidos pelas marcas. Também os professores são beneficiados com cursos de atualizações. Exemplo recente foi o oferecido pela EMC, empresa que atua no armazenamento e distribuição de dados (backup). “Temos também parceiros da área de engenharia computacional. O gestor de TI não é o profissional que fica parado no escritório. Ele vai também, e principalmente, para o chão de fábrica montar soluções, falar também com o pessoal que está na produção”, completa o coordenador.

Festo, IBM, ABB, Oracle, Altus Automação Industrial e Instituto de Engenharia são outras instituições que reforçam a infraestrutura de ensino da Metodista com a finalidade de formar profissionais para lidar com a administração da infraestrutura física e lógica de ambientes informatizados.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor