Westcon se une a programa dos EUA para facilitar a importação de produtos criptografados

EmpresasNegóciosProjetosSegurançaSetor PúblicoSoftware

O governo dos Estados Unidos concedeu à Westcon Encryption Licensing Arrangements (ELAs), que se aplicam a produtos de tecnologia com criptografia forte. Isso permitirá à Westcon exportar esses produtos dos EUA para entidades governamentais brasileiras em prazos mais curtos. Tipicamente o processo de licenciamento é realizado pelo fornecedor e são necessários de 45 a 90

O governo dos Estados Unidos concedeu à Westcon Encryption Licensing Arrangements (ELAs), que se aplicam a produtos de tecnologia com criptografia forte. Isso permitirá à Westcon exportar esses produtos dos EUA para entidades governamentais brasileiras em prazos mais curtos.

criptografia

Tipicamente o processo de licenciamento é realizado pelo fornecedor e são necessários de 45 a 90 dias para os trâmites que envolvem a permissão do governo norte-americano para a exportação.

O “Programa ELA”, do Westcon Group irá facilitar a distribuição no Brasil de produtos das seguintes marcas: Aruba Networks, Check Point, Extreme Networks, F5 Networks, Juniper Networks, Palo Alto Networks e Polycom.

Foram selecionados fornecedores específicos em função não apenas do alto nível de criptografia de seus produtos, mas também da importância que têm essas marcas no mercado brasileiro. Elas agora poderão ser distribuídas pela Westcon para o setor de governo com previsão definida de entrega e sem atrasos – e isso também diferencia a Westcon de seus competidores no mercado brasileiro.

Para as marcas citadas, o “Programa ELA” entra em vigor imediatamente. As licenças obtidas funcionarão como documento oficial de re-exportação para os embarques provenientes dos Estados Unidos para redistribuição no Brasil a usuários finais do setor governamental.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor