Falhas na disponibilidade de dados podem custar até US$ 2 milhões por ano

Data StorageEmpresasNegócios

A Veeam Software, provedora de soluções que entregam disponibilidade para data centers, anunciou os resultados do Veeam Data Center Availability Report 2014, seu quarto relatório anual sobre o sucesso das organizações em promover o acesso a serviços de TI. Na pesquisa global, 82% dos CIOs admitiram que não conseguem atender às necessidades de acesso imediato

A Veeam Software, provedora de soluções que entregam disponibilidade para data centers, anunciou os resultados do Veeam Data Center Availability Report 2014, seu quarto relatório anual sobre o sucesso das organizações em promover o acesso a serviços de TI.

disponibilidade

Na pesquisa global, 82% dos CIOs admitiram que não conseguem atender às necessidades de acesso imediato e “always-on” aos serviços de TI nas empresas que trabalham. Essa lacuna de disponibilidade tem custo imediato: falhas de aplicação custam às empresas mais de US$ 2 milhões por ano em perda de receita, produtividade, oportunidades e dados perdidos por falhas de recuperação nos backups.

Esses custos só vão aumentar à medida que a economia global exigir cada vez mais que as empresas trabalhem com parceiros, clientes e partes interessadas em diferentes fusos horários, pressionando os ativos de data centers a estarem sempre ativos independente da localização. Com a previsão de que os mercados emergentes serão responsáveis por 40% do crescimento global nos próximos 15 anos, perder oportunidades globais devido ao tempo de inatividade por causar danos irreparáveis.

“A disponibilidade de TI é mais importante do que nunca. Ainda assim empresas em todo o mundo estão sendo prejudicadas por uma indústria de TI que os levou a acreditar que devem aceitar o tempo de inatividade e que o Always-On Business™ não é nada além de fantasia”, diz Ratmir Timashev, CEO da Veeam. “Isso não é aceitável. As organizações não podem permitir que milhões de dólares sejam perdidos com falhas de TI, nem podem continuar ‘jogando’ com a disponibilidade de dados. As boas noticias são que as coisas estão prontas para mudar. As empresas apenas precisam descartar o que vêm dizendo a elas há anos sobre disponibilidade e exigir melhorias. Se todos fizerem isso, em cinco anos disponibilidade de aplicativos se tornará um assunto reduntante enquanto consumidores e empregados ao redor do mundo acessam o que quiserem, quando quiserem”.

As principais conclusões do Veeam Data Center Availability Report 2014 são:

  • As empresas não conseguem atender o aumento crescende da demanda do “Always-On Business”
  • 82% dos CIOs disseram que não conseguem atender às necessidades de seus negócios. Mais de 90% dos CIOs estão sob pressão tanto para recuperar os dados mais rápido, reduzindo o impacto financeiro das paralisações não planejadas, quanto para realizar backups de dados com mais frequência, reduzindo o risco de perda de dados.
  • As razões para os CIOs estarem sob pressão incluem interações mais freqüentes e, em tempo real, entre clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores (apontado por 65% dos entrevistados); a necessidade de acessar aplicações em diferentes fusos horários (56%); aumento da adoção de dispositivos móveis (56%); funcionários trabalhando fora do horário normal (54%); e um crescente nível de automação para a tomada de decisões e transações (53%).
  • O tempo de inatividade não planejado está aumentando os custos
  • Downtimes de aplicação não planejados ocorrem mais de uma vez por mês (13 vezes por ano).
  • “Downtimes” de aplicação não planejados custam a uma organização entre US$ 1,4 milhões e US$ 2,3 milhões anualmente em perda de receita, queda de produtividade e oportunidades perdidas.
  • A proteção não é garantida
  • Uma em cada seis recuperações de backup falha, o que significa que com 13 incidentes de aplicação do tempo de inatividade por ano, os dados serão perdidos permanentemente pelo menos duas vezes. Essa perda de dados custa a uma empresa no mínimo US$ 682 mil anualmente.
  • As organizações estão colocando milhões de dólares de dados em o risco
  • As organizações também estão arriscando entre US$ 4,4 milhões e US$ 7,9 milhões de dados de aplicativos perdidos com incidentes de inatividade a cada ano.

 

O Veeam Data Center Availability Report 2014 é baseado em uma pesquisa online com 760 CIOs de companhias com mais de 1.000 empregados nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Holanda, Suíça, Brasil, Austrália e Cingapura. A Vanson Bourne, organização de pesquisa de mercado independente, realizou a pesquisa em nome da Veeam. O relatório completo pode ser acessado gratuitamente no link.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor