Nutanix quer mudar o conceito de data center

CloudHOMESoftwareVirtualização

Fundada em 2009, a norte-americana Nutanix tem sacudido o mercado de data centers. A tecnologia da empresa consegue, com eficiência, entregar performance dispensando a complexidade exigida para se estabelecer uma nuvem privada segura, resiliente e escalável. A Nutanix aposta no conceito de arquitetura Web Scale, uma arquitetura elástica, de alta disponibilidade e alta performance. A

Fundada em 2009, a norte-americana Nutanix tem sacudido o mercado de data centers. A tecnologia da empresa consegue, com eficiência, entregar performance dispensando a complexidade exigida para se estabelecer uma nuvem privada segura, resiliente e escalável.

nutanix3

A Nutanix aposta no conceito de arquitetura Web Scale, uma arquitetura elástica, de alta disponibilidade e alta performance. A infraestrutura de web-scale é uma abordagem absolutamente nova, que muda o jogo dentro do data center. A concepção, implementação e gerenciamento fica muito mais simples e eficiente, permitindo inclusive que os CIOs realoquem recursos humanos para outras tarefas, aliviando a necessidade de monitoramento pesado dos servidores. É a tecnologia que permitiu a implementação de robustos serviços cloud por Google, Facebook, Microsoft e Amazon..

Segundo o Gartner, Até 2017, a Web Scale IT será uma abordagem arquitetônica presente em 50% das empresas em todo o mundo. Até 2020, 25% dos CIOs globais já terão adotado essa filosofia de escalabilidade.

A escalabilidade em curto prazo é um problema considerável para as empresas que precisam de mais poder para alocar aplicações e máquinas virtuais. Diferentes perfis de uso adicionam ainda mais complexidade à operação. O tempo de implementação de um novo servidor na rede também é um desafio, pois é uma tarefa que demanda um profissional extremamente especializado alocado quase que exclusivamente para a tarefa, que pode consumir vários dias.

O que a Nutanix permite é a criação de uma nuvem privada com muito menos complexidade. É como se fosse uma mini nuvem dentro de uma caixinha, que ocupa apenas duas unidades do racks dentro do servidor. E para aumentar a capacidade, basta adicionar outro equipamento, que se sincroniza de forma automatizada e em pouco tempo fica inserido no sistema. O melhor: sem consumir preciosos recursos humanos.

Em vez de fazer uma nuvem comprando servidores de mercado, storage, estabelecer uma rede interligando tudo, fazer tudo funcionar via software, com auto-replicação, a solução da Nutanix permitiu abstrair todo o trabalho usando um único appliance

A B!T conversou com Leonel Oliveira, gerente geral da Nutanix no Brasil, que explicou como o conceito da Nutanix tem influenciado o mercado e modificado o paradigma de funcionamento dos data centers.

Segundo o executivo, a tecnologia da Nutanix modifica completamente o funcionamento da infraestrutura na nuvem, pois permite a criação de um ambiente definido por software, simplificando dramaticamente a administração e implementação.

E é justamente o software que faz a diferença no caso da Nutanix. O hardware da empresa não tem nada de proprietário. Apesar do visual do appliance e da forma como os nós (as unidades integradas de processamento e storage) se conectam, o grande segredo é como o software da empresa orquestra esses processos de forma invisível.

Datacenter-with-Nutanix

A impacto dessa tecnologia foi tão grande que a Nutanix recentemente conquistou uma importante parceria com a Dell. As empresas estabeleceram uma aliança que inclui vendas conjuntas, marketing, suporte, serviços e investimentos. A Dell identifica oportunidades e oferece o software da Nutanix para rodar em seu hardware.

A capacidade de virtualização é um dos maiores trunfos da empresa. Como o poder de processamento é aproveitado de forma muito mais eficiente, é possível reduzir a quantidade de máquinas em dois terços sem abrir mão de nenhum recurso.

Essa redução da necessidade de hardware traz muitas vantagens a longo prazo. Além de baixar o consumo de energia do data center, graças a melhor razão potência x watt dos equipamentos, o custo da refrigeração dos hacks cai muito. O benefício indireto, e que vale ouro para muitos CIOs, é a possibilidade de expandir a capacidade do data center sem precisar de novas instalações físicas. Uma sala totalmente ocupada por hardware antigo pode, em um ciclo de renovação, abrigar muito mais capacidade simplesmente trocando-se os equipamentos. O retorno do investimento é muito mais tangível e tira do gestor a constante preocupação com investimentos que vão além do hardware e software.

No papel, cada appliance da Nutanix permite a criação de 400 máquinas virtuais (VUs) por nó. Como os equipamentos podem abrigar 4 nós, são até 1.600 máquinas virtuais ocupando apenas 2U no rack. Na prática, o número pode cair um pouco, especialmente me operações que demandam um grau de disponibilidade maior, além de mais recursos computacionais. Ainda assim, falamos de 300, 350 VUs por nó, um número mais que respeitável.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor