Samsung desiste do negócio de fibra ótica

MobilidadeNegóciosOperadorasRedesSmartphones

A Samsung vai deixar para trás um de seus segmentos menos relevantes. Essa é a consequência primeira da venda de seu negócio de fibra ótica à norte-americana Corning. Crê-se agora que o gigante coreano aproveite para dedicar mais energias a áreas como os smartphones, setor crucial para a marca. que luta com concorrentes igualmente destacados e poderosos

A Samsung vai deixar para trás um de seus segmentos menos relevantes. Essa é a consequência primeira da venda de seu negócio de fibra ótica à norte-americana Corning. Crê-se agora que o gigante coreano aproveite para dedicar mais energias a áreas como os smartphones, setor crucial para a marca. que luta com concorrentes igualmente destacados e poderosos e onde tem vários projetos em curso.

fibra optica

Embora não tenham sido revelados pormenores, tudo indica que este negócio se deva a uma decisão da Samsung em focar suas atenções no negócio dos smartphones, preocupada com a tendência que aponta para que a empresa registe os lucros mais baixos dos últimos três anos.

A forte competição movida pelos diversos players do mercado tem levado a uma redução expressiva na quota de mercado da Samsung. Pressionada, por um lado, por fabricantes chineses – como é o caso da Xiaomi – que têm lançado no mercado smartphones de baixo custo e, por outro, pelos concorrente tradicionais nos dispositivos high end com a Apple à cabeça, a Samsung estará recentrando o foco de seu negócio.

Exemplo disso é o decisão, já comunicada, da empresa em cessar a produção de LEDs, fora da Coreia do Sul, a partir de outubro, pois não considera que este seja um negócio core.

A Corning, que fornece ecrãs para a Samsung e para a Apple, afirmou que a compra deste segmento da companhia coreana vai permitir o reforço de seu segmento de fibra ótica no mercado asiático.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor