Sonda IT fortalece estratégia de suporte na América Latina

EmpresasNegóciosSoftware

A Sonda IT, referência latino-americana em Tecnologia da Informação, anunciou plano de expansão focado no portfólio de ofertas voltadas para o atendimento e suporte de tecnologia dos usuários finais das empresas, tais como o Service Desk, Field Service e Asset Management. O principal apelo da estratégia é padronizar e unificar os serviços referentes às ocorrências

A Sonda IT, referência latino-americana em Tecnologia da Informação, anunciou plano de expansão focado no portfólio de ofertas voltadas para o atendimento e suporte de tecnologia dos usuários finais das empresas, tais como o Service Desk, Field Service e Asset Management.

suporte ti

O principal apelo da estratégia é padronizar e unificar os serviços referentes às ocorrências de TI, transformando o atendimento num modelo regional de suporte, que segue a demanda de globalização de entrega de serviços. A proposta é levar às empresas a possibilidade dos suportes serem adotados igualmente em qualquer país da América Latina, aproveitando as infraestruturas existentes em suas dez operações presentes na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Costa Rica, México, Peru, Uruguai e Panamá.

Com um investimento inicial de US$ 2,5 milhões e envolvimento de 4,5 mil colaboradores nesta oferta regional, a meta é evoluir sob a atual estrutura de atendimento, em que cada país cuidava da sua demanda local, para um processo único. Entre os diferenciais dessa iniciativa estão a flexibilidade de atendimento, a cobertura regional e o entendimento da cultura, características que tornam o processo mais rápido e transparente para empresas que decidem adotar a terceirização do serviço num longo prazo.

As ofertas compreendidas nesta estratégia visam, além da possibilidade de adoção de ferramentas que inovam o modelo de suporte – tais como portais de autoatendimento, que propiciam ao cliente e ao usuário final uma melhor experiência e menos interação com o atendente – maior disponibilidade para que os profissionais possam focar seu trabalho no core business da empresa.

“A diminuição do contato em substituição ao autoatendimento reduz o custo do serviço no primeiro nível, possibilitando o desenvolvimento de suportes que interajam diretamente com o negócio do cliente. Ou seja, enquanto o concorrente está preocupado em administrar o volume de chamados para manter uma alta receita, a Sonda IT faz uma transformação no modelo de suporte ao cliente”, explica Alberto Aguilera, vice-presidente da Divisão de Serviços de TI da Sonda IT.

Para Juan Aristizabal, gerente de soluções para o usuário da Sonda América Latina e um dos idealizadores do projeto, o modelo proporciona às empresas mais produtividade e o isenta de se preocupar com toda a estrutura necessária para a manutenção e o suporte dos ambientes sistêmicos. “Além dos ganhos na operação, a oferta também traz vantagens no ponto de vista econômico, pois os custos de suporte podem ser reduzidos entre 25% a 30%”, pontua o executivo.

Entre os mercados alvos para levar a iniciativa estão Telecomunicações, Finanças, Varejo e Saúde.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor