Tag #jesuischarlie apareceu em mais de 1 milhão de tweets

HOME

Puxada inicialmente por manifestações de cartunistas e jornalistas, a hashtag #JeSuisCharlie acabou se tornando um símbolo de resistência contra o terror e pela liberdade de expressão e imprensa. O atentado brutal contra o semanário satírico Charlie Hebdo gerou mais de 1 milhão de tweets. O covarde ataque, feito por membros do grupo fundamentalista Al Qaeda,

Puxada inicialmente por manifestações de cartunistas e jornalistas, a hashtag #JeSuisCharlie acabou se tornando um símbolo de resistência contra o terror e pela liberdade de expressão e imprensa.

je suis charlie

O atentado brutal contra o semanário satírico Charlie Hebdo gerou mais de 1 milhão de tweets. O covarde ataque, feito por membros do grupo fundamentalista Al Qaeda, matou 12 pessoas, incluindo quatro dos mais conhecidos cartunistas da França e o diretor editorial Stephane Charbonnier.

O levantamento, feito pela plataforma analítica SocialBro, detectou uma média de 83.125 por hora.

A solidariedade para com as vítimas foi global, com concentração de tweets na França (34,17%), Reino Unido (9,92%), e EUA (8,35%).
As três principais línguas das mensagens foram Inglês, Francês e Espanhol.

No momento da publicação deste post, a mídia internacional acompanhava o cerco aos terroristas, que elevou #JeSuisCharlie novamente ao topo dos trending topics.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor