Conferências antes da CES discutem 2015 tecnológico

EmpresasMobilidadeNegócios

A CES 2015 começa no dia seis de janeiro em Las Vegas, mas, até lá, uma série de conferências vai marcar os poucos momentos que faltam para iniciar aquele que é considerado o maior evento tecnológico do mundo. Enquanto o mundo aguarda que a CES 2015 abra as portas aos milhares de participantes que se

A CES 2015 começa no dia seis de janeiro em Las Vegas, mas, até lá, uma série de conferências vai marcar os poucos momentos que faltam para iniciar aquele que é considerado o maior evento tecnológico do mundo.

CES

Enquanto o mundo aguarda que a CES 2015 abra as portas aos milhares de participantes que se reunirão na próxima semana na cidade norte-americana do jogo, várias sessões vão debater os assuntos mais quentes da cena tecnológica para o ano que acaba de começar.

Certamente não será uma surpresa que o Big Data marcará presença nestas sessões. O surgimento de novas tecnologias, a crescente digitalização dos negócios e a interação cada vez maior do mundo real na dimensão virtual dão origem ao Big Data, grandes volumes de dados que tanto podem potencializar o crescimento das organizações, como ditar a sua estagnação operacional e, em último caso, o seu colapso. Nestas conferências serão exploradas estratégias de aproveitamento destes dados, e as formas através das quais as empresas podem usufruir do Big Data e mitigar os seus impactos mais nocivos.

Outro dos temas que marcará esta ronda de conferências incidirá sobre as “Casas Inteligentes”. Nesta sessão serão discutidas as apostas que os fornecedores de serviços têm feito ao nível de sistemas de gestão de casas inteligentes. Hoje já podemos desligar e ligar eletrodomésticos através de um app instalado no nosso smartphone, podemos monitorizar o consumo energético das nossas casas enquanto estamos no trabalho, e a nossa própria casa pode suspender o funcionamento de qualquer tomada elétrica caso seja detectado superaquecimento.

A polêmica Neutralidade da Internet vai, naturalmente, estar também no centro destas conferências. Provedores de serviços de Internet (ISP) vão discutir tópicos como o novo estatuto que lhes está a ser atribuído pela Comissão Federal das Comunicações, a autoridade reguladoras do setor norte-americano, e as novas normas legais que, segundo os ISP, têm limitado sua atividade.

Ainda, será debatido o nascimento de um novo paradigma de marketing, reforma alimentada pelo surgimento de novas plataformas digitais. Deverão ser discutidos os novos desafios e a novas oportunidades que se apresentam agora ao ramo do marketing e de que forma podem estas novas plataformas e novos media podem ser monetizados.

Estes são somente alguns dos temas que marcarão as escassas horas que faltam para dar início a esta edição da CES, cujos organizadores projetam ter o maior público de todos os tempos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor