CTB-Locker é novo malware que está atacando o Brasil

Segurança

O CTB-Locker, um novo ransomware – tipo de malware que exige resgate em dinheiro – tem como alvo a América Latina. A ameaça chega por e-mail e depois de aberta, criptografa todos os arquivos dos usuários. A ESET identificou o novo malware e aponta o Brasil como o quarto país mais afetado. O e-mail é

O CTB-Locker, um novo ransomware – tipo de malware que exige resgate em dinheiro – tem como alvo a América Latina. A ameaça chega por e-mail e depois de aberta, criptografa todos os arquivos dos usuários. A ESET identificou o novo malware e aponta o Brasil como o quarto país mais afetado.

94b842d439d5a4fd073e0a211f16dd2e_XL

O e-mail é enviado do endereço Win32/TrojanDownloader.Elenoocka.A., segundo as descobertas dos especialistas da ESET, e o download assume a descrição de Win32/FileCoder.DA. Para recuperar os arquivos, só é apresentada uma solução que passa pelo pagamento de um resgate em bitcoins.

O Brasil é o quarto país da América Latina mais afetado por esse malware, logo depois de México, Peru e Argentina. Para proteger os arquivos, as empresas devem habilitar a funcionalidade de filtro para prevenir o aparecimento de extensões mal-intencionadas e devem também apagar todos os e-mails que aparentem ter origem duvidosa. A ESET aconselha também a realização de backups.

Camillo Di Jorge, Country Manager da ESET Brasil explica que “esse tipo de ataque pode ter consequências desastrosas para os usuários que não fizerem backup dos arquivos” e que “o problema reforça a questão de que os cuidados com a segurança da informação exigem uma combinação de uso de soluções e ferramentas adequadas e de uma educação dos usuários”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor