Dell e Intel voltam a reunir mulheres empreendedoras

GestãoNegóciosSkills

O evento anual Dell Women’s Entrepreneur Network Conference (DWEN) terá, esse ano, sua sexta edição, de 28 a 30 de junho de 2015. Co-patrocinado pela Intel e voltado a mulheres empreendedoras, o encontro terá lugar na cidade de Berlim, na Alemanha. O evento de 2015 deve reunir mais de 200 das principais empreendedoras de todo o mundo –

O evento anual Dell Women’s Entrepreneur Network Conference (DWEN) terá, esse ano, sua sexta edição, de 28 a 30 de junho de 2015. Co-patrocinado pela Intel e voltado a mulheres empreendedoras, o encontro terá lugar na cidade de Berlim, na Alemanha.

DWEN-conference

O evento de 2015 deve reunir mais de 200 das principais empreendedoras de todo o mundo – incluindo do Brasil –, líderes empresariais e meios de comunicação, com o intuito de compartilhar ideias e melhores práticas em empreendedorismo feminino.

As edições anteriores do evento foram realizadas em mercados forte perfil empreendedor: Rio de Janeiro (Brasil), Xangai (China), Nova Délhi (Índia), Istambul (Turquia) e, mais recentemente, Austin (Estados Unidos). A Dell indicou que a escolha de Berlim deve-se ao fato de que a Alemanha desponta como um dos cinco melhores países para ser uma empreendedora, de acordo com o ranking, encomendado pela empresa, Gender-GEDI 2013.

A programação do encontro de 2015 será centrada em torno do impacto que empresas pertencentes a mulheres têm sobre a economia global, com o tema “Forging Connections, Fueling Growth: Strategies for Building an Enduring Business” (Promovendo Conexões, Estimulando o Crescimento: Estratégias para a Construir Negócios Duradouros).

Em Berlim, a Dell irá anunciar os resultados do seu terceiro estudo anual sobre o empreendedorismo feminino. O Female Entrepreneur Leaders Index (Índice de Líderes Empreendedoras) de 2015 – antes chamado de Gender-GEDI Index – é voltado a medir o alto potencial de empreendedorismo feminino, com base em aspirações individuais, ambientes de negócio e ecossistemas empresariais. Criado em parceria com pesquisadores e especialistas, a pesquisa de 2015 irá compilar os dados de 30 países, incluindo o Brasil, e foi concebida como uma ferramenta de diagnóstico para os países ampliarem as oportunidades para mulheres empreendedoras.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor