Israelita Annapurna Labs em negociações com Amazon

NegóciosStartup

A Amazon decidiu adquirir a Annapurna Labs, uma empresa israelita especializada em microprocessadores, aumentando o número de negócios tecnológicos realizados nesse país, na última semana. O acordo inclui a criação de um centro de investigação, em Israel.  As startups israelitas parecem estar recebendo crescente atenção por parte das gigantes tecnológicas. Depois da Alibaba e Dropbox,

A Amazon decidiu adquirir a Annapurna Labs, uma empresa israelita especializada em microprocessadores, aumentando o número de negócios tecnológicos realizados nesse país, na última semana. O acordo inclui a criação de um centro de investigação, em Israel. 

amazon

As startups israelitas parecem estar recebendo crescente atenção por parte das gigantes tecnológicas. Depois da Alibaba e Dropbox, também a Amazon anunciou o investimento numa empresa, em Israel. As negociações ainda estão decorrendo mas a Annapurna Labs será a mais recente aquisição, com o intuito de melhorar o desempenho da nuvem da AWS (Amazon Web Services).

O anúncio de que as duas empresas estavam em negociações chegou através da imprensa israelita. O jornal Calcalist publicou informações que indicam para uma aquisição no valor de US$ 370 milhões, mas ainda não existem confirmações oficiais.

A AWS é a unidade da Amazon responsável pelos serviços online, incluindo nuvem, e é para melhorar a qualidade desse serviço que a tecnologia desenvolvida pela Annapurna Labs servirá. De acordo com o Calcalist, os microprocessadores criados por esta startup, permitem um tráfego de dados mais rápido para servidores de armazenamento mais eficientes.

A Annapurna Labs foi fundada por Avigdor Willenz, também fundador da Galileo Technology Ltd., e tem investidores como a Walden International. O acordo em discussão com a Amazon prevê a construção de um centro de Investigação e Desenvolvimento em Israel.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor