Microsoft lança Outlook para Android e iOS

MobilidadeSistema OperacionalSoftware

A Microsoft anunciou o lançamento do aplicativo Outlook para os sistemas operacionais Android e iOS, com uma roupagem renovada e que deverá está disponível em breve nas respectivas lojas de apps de cada plataforma. A nova versão vem substituir as existentes que apresentavam uma configuração fragmentada e complexa.  Baseada no código do Acompli, aplicativo avançado de e-mail profissional

A Microsoft anunciou o lançamento do aplicativo Outlook para os sistemas operacionais Android e iOS, com uma roupagem renovada e que deverá está disponível em breve nas respectivas lojas de apps de cada plataforma. A nova versão vem substituir as existentes que apresentavam uma configuração fragmentada e complexa. 

Outlook-for-iOS-and-Android-e1422528542441

Baseada no código do Acompli, aplicativo avançado de e-mail profissional adquirido pela Microsoft há apenas dois meses, a nova versão Outlook deverá ser semelhante e familiar aos usuários que já usufruíam da tecnologia Acompli. Julia White, do departamento de gestão de produto da Microsoft, explicou, numa publicação do blog da empresa, que o aplicativo será continuamente melhorado e atualizado para que as características Outlook que os usuários já conhecem sejam plenamente integradas no app, aproveitando as vantagens do Acompli.

Entre as funcionalidades suportadas encontra-se o Office 365, o Exchange ou ainda integração com o Gmail. A nova aplicação Outblook permite o envio de anexos através de serviços de nuvem (como a OneDrive da Microsoft ou a Dropbox), o acesso rápido ao calendário, contatos e acesso a arquivos da mesma forma como na versão desktop.

Julia White explica que a atualização do aplicativo partiu de vários pedidos de clientes para que o Outlook estivesse acessível também nos dispositivos móveis e que o resultado permitisse a gestão dos e-mails de trabalho e pessoais com maior facilidade e eficiência.

O aplicativo do serviço de correio eletrônico Outlook, disponibilizado para smartphones e tablets, surge pouco depois do anúncio do Windows 10, que tem como uma das premissas principais a compatibilidade de aplicativos entre todos os equipamentos que o utilizam.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor