Oi cancelou distribuição de dividenendos aos acionistas

NegóciosOperadorasRedes

A operadora informou seus acionistas através de comunicado, divulgado ontem à noite. É possível ler na informação que foi cancelada a política de remuneração aos investidores referente à atividade de 2013 a 2016.  Este cancelamento das remunerações foi aprovado pelo Conselho de Administração da empresa, que é liderada por Bayard Gontijo. Anteriormente, já tinha sido anunciado

A operadora informou seus acionistas através de comunicado, divulgado ontem à noite. É possível ler na informação que foi cancelada a política de remuneração aos investidores referente à atividade de 2013 a 2016. 

oi

Este cancelamento das remunerações foi aprovado pelo Conselho de Administração da empresa, que é liderada por Bayard Gontijo.

Anteriormente, já tinha sido anunciado que haveriam mudanças nesta política de remuneração. A distribuição de dividendos era feita de outra forma antes, com R$ 500 milhões para distribuir em 2014, 2015, 2016.

Esta política tinha sido anunciada durante a presidência de Zeinal Bava, em outubro de 2013. No entanto, com a saída de Bava e a entrada em cena de Gontijo, em 2014 a Oi já não havia pago as remunerações pela atividade anterior.

A Oi espera encaixar o dinheiro da venda da PT Portugal à Altice, um total de 7,4 bilhões de euros, que depois possa ser aplicado em sua consolidação no mercado brasileiro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor