Aeroporto Internacional de São Paulo melhora infraestrutura de rede

Gestão de RedesMobilidadeRedes

O Terminal 3 do Aeroporto Internacional de São Paulo (Gru Airport) respondeu ao aumento das necessidades dos passageiros, que exigem conexões de rede cada vez mais rápidas, e implantou redes cabeadas e wi-fi da Cisco. O grande aumento do tráfego, comprovado pela Copa do Mundo no ano passado, e que poderá crescer ainda mais com

O Terminal 3 do Aeroporto Internacional de São Paulo (Gru Airport) respondeu ao aumento das necessidades dos passageiros, que exigem conexões de rede cada vez mais rápidas, e implantou redes cabeadas e wi-fi da Cisco.

thumb_846__auto_637d31449f09ec707b135cca4c94b868

O grande aumento do tráfego, comprovado pela Copa do Mundo no ano passado, e que poderá crescer ainda mais com o aproximar da Olímpiada, foi um dos principais motivos para fazer melhoramentos.

Foram implantados mais de 500 Access Points e também Switches Cisco. Assim, tanto passageiros quanto trabalhadores do aeroporto podem ter acesso a wi-fi, em todo o terminal.

A velocidade final da rede aumentou até pelo menos dez vezes mais e a estabilidade das redes também cresceu. Esta infraestrutura melhorada permitiu implementar o check-in dinâmico. Assim, foram reduzidos custos para o aeroporto e até para as companhias aéreas.

A infraestrutura suporta um tráfego que vai até aos 40 gigabytes. O Aeroporto Internacional de São Paulo é o mais movimentado do país, com um grande número de passageiros. Cerca de 1,8 mil pessoas usam estas redes.

Ao usarem a internet, os passageiros também vão deixando alguma informação aos lojistas. Assim, os interessados, como as companhias aéreas, por exemplo, podem também criar propagandas direcionadas para os vários tipos de usuários.

Também está previsto que a expansão de redes chegue em breve aos Terminais 1 e 2 do aeroporto.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor