Trabalhadores de TI de São Paulo vão ter reajuste salarial

EmpresasNegócios

Entidades patronais e o Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação de São Paulo chegaram a acordo: o reajuste salarial pode chegar até aos 7,8%. Foram também conseguidos outros benefícios, como pagamento de participação nos lucros e vale-refeição de pelo menos R$ 15. Foram estes os resultados conseguidos pela campanha salarial

Entidades patronais e o Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação de São Paulo chegaram a acordo: o reajuste salarial pode chegar até aos 7,8%. Foram também conseguidos outros benefícios, como pagamento de participação nos lucros e vale-refeição de pelo menos R$ 15.

governanca_corporativa_0

Foram estes os resultados conseguidos pela campanha salarial dos trabalhadores das TI de São Paulo. Só neste estado, já existem 7,5 mil empresas do setor.

O reajuste dos salários é de 7% e o do piso salarial chega até aos 7,8%, valor acima daquele que os patrões estavam dispostos a oferecer inicialmente, que era 6,5%.

Foram também conseguidas mais vantagens, começando pelo vale-refeição. As empresas com mais de 20 funcionários terão de oferecer vale-refeição de, no mínimo, R$ 15 para um horário de trabalho de oito horas.

Daqui a seis meses, as empresas com menor número de funcionários, também terão de começar com a oferta: empresas com dez ou mais trabalhadores vão ter de oferecer a mesma vantagem a seus trabalhadores. A partir do 1.º de janeiro de 2016, todas as empresas devem oferecer vale-refeição a todos os funcionários do setor.

Foi também acordado o pagamento de Participação nos Lucros e/ou Resultados, que deve ser feito por todas as empresas, sem ter em conta seu quadro de funcionários.

Este acordo foi concluído na terceira rodada e considerado muito positivo pelo presidente do  Sindicato, Antonio Neto, que afirmou que “foi um ano difícil. Esta Convenção é resultado e reflexo direto da mobilização que os trabalhadores fizeram em 2014, demonstrando disposição no lançamento da Campanha Salarial, nas assembleias, na integração com o Sindicato. Consideramos uma importante e significativa vitória dos trabalhadores de TI. Quebramos mais um paradigma importante que vinha gerando distorções para os trabalhadores”, afirmou.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor