Uber acusado de fraude e neglicência na Califórnia

Software

O aplicativo de táxis tem gerado grande controvérsia, em vários países onde está presente. Agora, o Uber foi condenado, na Califórnia, por um caso de estupro em Nova Deli, na Índia. A vítima transferiu o caso para os Estados Unidos, onde apresentou queixa contra a empresa. O caso aconteceu há cerca de dois meses, em

O aplicativo de táxis tem gerado grande controvérsia, em vários países onde está presente. Agora, o Uber foi condenado, na Califórnia, por um caso de estupro em Nova Deli, na Índia. A vítima transferiu o caso para os Estados Unidos, onde apresentou queixa contra a empresa.

Uber pic

O caso aconteceu há cerca de dois meses, em Nova Deli, na Índia. Depois disso, o governo indiano proibiu o serviço na região. No entanto, passado pouco tempo, o Uber voltou, com novo enquadramento legal. A Índia é um dos maiores mercados da empresa fora dos Estados Unidos, daí o interesse em regressar ao país.

A vítima decidiu fazer nova queixa nos Estados Unidos, mais precisamente na Califórnia. O Uber é acusado de fraude e neglicência.

Na acusação contra a empresa, é dito que o Uber não se preocupa tanto quanto deveria com a segurança de seus clientes e que não são feitas as pesquisas sobre os antecedentes dos condutores que contrata.

Esta não é a primeira vez que o Uber enfrenta os tribunais. A empresa já reagiu, dizendo que presta  todo o apoio à “vítima deste crime horrível. Estamos a cooperar totalmente com as autoridades, para garantir que o responsável seja julgado perante a justiça.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor