Aliança global contra ciberameaças ganha novos parceiros de peso

CyberwarHOMESegurança

Barracuda Networks, Reversing Labs, Telefônica e Zscaler aderiram à luta da Cyber Threat Alliance contra adversários cibernéticos sofisticados. As empresas vão trabalhar lado a lado com os cofundadores da aliança, Fortinet, McAfee Labs, Palo Alto Networks e Symantec. A missão da Cyber Threat Alliance é conduzir um esforço coordenado da indústria contra adversários cibernéticos por

Barracuda Networks, Reversing Labs, Telefônica e Zscaler aderiram à luta da Cyber Threat Alliance contra adversários cibernéticos sofisticados. As empresas vão trabalhar lado a lado com os cofundadores da aliança, Fortinet, McAfee Labs, Palo Alto Networks e Symantec.

segurança

A missão da Cyber Threat Alliance é conduzir um esforço coordenado da indústria contra adversários cibernéticos por meio de profunda colaboração em inteligência de ameaças e partilha de indicadores.

Enquanto os esforços da indústria no passado, muitas vezes, limitavam-se à troca de amostras de malware, a Cyber Threat Alliance fornece mais inteligência de ameaças aos membros, incluindo informações sobre as vulnerabilidades de dia zero, botnet de comando e controle (C&C), informações do servidor, ameaças móveis, e indicadores de compromisso (loCs) relacionados com ameaças avançadas persistentes (APTs), bem como a amostras de malware comumente compartilhadas. Ao elevar inteligência coletiva da indústria, os participantes da aliança serão capazes de oferecer maior segurança para os clientes e organizações.

“Nós apreciamos muito o compromisso da Cyber Threat Alliance e acreditamos que deveria haver uma colaboração mais próxima entre os pesquisadores de cibersegurança, indústria, educação e órgãos governamentais. Estamos ansiosos para compartilhar dados críticos sobre vetores de ameaças que podem ser aproveitados não só para a entrega de uma proteção total contra ameaças para clientes, mas também para beneficiar a comunidade como um todo”, afirma Stephen Pao, Gerente Geral de Segurança da empresa Barracuda, que fornece soluções de segurança e armazenamento conectado à nuvem que simplificam a TI.

“A Telefônica acredita que essa colaboração contra o cibercrime com as empresas líderes nesse assunto irá nos guiar a uma maior resiliência no mundo digital. Nós estamos muito empolgados sobre a oportunidade de trabalhar com os membros da CTA. Nossas características internas com os serviços de cibersegurança baseados na inteligência digital irão impulsionar o conhecimento dos membros da CTA para uma melhor proteção colaborativa”, comenda Pedro Pablo Pérez, diretor de cibersegurança da Telefônica, que é uma das maiores empresas de telecomunicações do mundo.

“As organizações que combatem ameaças cibernéticas de hoje exigem tanto de monitoramento interno e contexto externo para identificar as intenções e as táticas de um adversário. A Cyber ​​Threat Alliance fornece um veículo de colaboração para compartilhar informações externas e críticas e melhorar a identificação de ameaças avançadas”, afirmou Mario Vuksan, CEO da ReversingLabs, que oferece às empresas e fornecedores de segurança de base para proteger os ativos digitais.

“Ameaças à segurança de hoje são mais difíceis de combater do que nunca, ultrapassando a capacidade das organizações para se proteger. A troca de informações sobre as ameaças promovida pela Cyber ​​Threat Alliance é um passo crítico em direção a um novo nível de colaboração da indústria que irá resultar em uma maior segurança para os vendedores e clientes”, comentou Michael Sutton, vice-presidente de pesquisa em segurança da Zscaler, que fornece uma plataforma Security-as-a-Service, proporcionando uma experiência segura e produtiva Internet.

“Estamos muito animados com o anúncio da entrada destes quatro novos membros à Cyber Threat Alliance. Essas empresas se juntarão aos cofundadores: Palo Alto Networks, Fortinet, McAfee e Symantec em um esforço coordenado para combater adversários cibernéticos. Através de profunda colaboração em inteligência de ameaças e nos indicadores de partilha de compromisso, os membros da aliança estão entregando uma maior segurança para os clientes individuais e organizações”, afirmou Mark McLaughlin, Presidente e CEO da Palo Alto Networks.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor