Claro anuncia aumento do prejuízo no quarto trimestre

GestãoNegóciosOperadorasProjetosRedesResultadosService Provider

A Claro elevou seu prejuízo no quarto trimestre de 2014: o prejuízo consolidado da empresa, que é controlada pelo grupo mexicano América Móvil, atingiu os R$ 781,3 milhões, entre outubro e dezembro do ano passado. Este resultado de prejuízo é bastante maior do que o valor registrado no mesmo período de 2013, quando o resultado

A Claro elevou seu prejuízo no quarto trimestre de 2014: o prejuízo consolidado da empresa, que é controlada pelo grupo mexicano América Móvil, atingiu os R$ 781,3 milhões, entre outubro e dezembro do ano passado.

claro2

Este resultado de prejuízo é bastante maior do que o valor registrado no mesmo período de 2013, quando o resultado negativo atingiu os R$ 254,5 milhões. Estes resultados foram influenciados, em parte, pelo efeito na redução da tarifa de interconexão.

A receita líquida no último trimestre de 2014 caiu 7,9%, atingindo os R$ 3,64 bilhões. Se não fosse o efeito negativo da tarifa de interconexão, “a variação da receita seria crescimento de 8,3% “, conforme apontou a empresa.

Ainda assim, a Claro conseguiu chegar a um resultado operacional positivo, graças à queda de 13,8 % nos custos e despesas no quarto trimestre. Também nesse período o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização da empresa (Ebitda) atingiu os R$ 944,9 milhões, um crescimento de 14,6% em relação ao mesmo período de 2013.

No acumulado de 2014, a Claro registrou um crescimento de 1,1% na receita líquida, atingindo os R$ 13,84 bilhões, com um decréscimo de 14,4% no prejuízo líquido, registrando R$ 1,08 bilhões.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor